quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Entrevista com Melissa de Sá + Informações sobre o livro Nada mais que o normal




Yo minna! Hoje vim falar de um assunto muito especial, da minha entrevista com uma escritora maravilhosa que conheci graças a minha parceria com a Editora Draco, mas não pensem que elogiei porque tenho parceria com a Draco! Ela é de verdade uma escritora maravilhosa, não somente talentosa, mas também extremamente gentil, é com um enorme carinho que vou postar essa entrevista, mas antes dela, vou deixar uma listinha de links para vocês conhecerem melhor esse grande talento!



 Esses são os blogs dela, achei que seria bom apresenta-los pra vocês conhecerem ela um pouco melhor

Gente, ela é um doce de pessoa, super animada, gentil ( fiquei tão surpresa por ela aceitar responder esses perguntas, me senti muito querida e é um reconhecimento do meu trabalho, um enorme passo para o Dicas da Kira crescer ) É sempre maravilhoso quando sabemos que não é apenas talento para escrever, mas também que o escritor (no caso a escritora) é realmente alguém que merece tudo de bom né?

 Hoje vou postar a entrevista e no próximo post sobre ela, vai ser a resenha do livro Nada mais que o normal.

Espero fazer muitos posts sobre os trabalhos dela, merece todo o sucesso! É assim, sabendo valorizar e reconhecer quem admira o trabalho dela, que ela vai longe!

Bem, vamos a entrevista? Fico realmente feliz em poder ajuda-los a conhecer um pouco mais sobre a Melissa.


Qual foi o seu maior incentivo quando escreveu o primeiro livro?

O primeiro incentivo que tive na vida foi dos meus pais e da minha irmã.  Foram eles meus primeiros leitores e as pessoas que me disseram para continuar sempre escrevendo e acreditando em meus sonhos. Hoje tenho também um grande incentivo de amigos que acreditam no meu trabalho. Um nome importante é a Karen Alvares, que além de amiga, é também minha revisora oficial e escritora talentosa: ela faz meus textos ficarem sempre melhores.

Já aconteceu de estar andando em algum lugar ( como uma praça, por exemplo ) e encontrar uma pessoa que estava lendo seu livro? Se sim, qual foi sua reação?

Assim na rua não, mas uma vez aconteceu uma coisa engraçada: eu faço parte de um grupo que dança Lindy Hop (uma dança bem legal, com jazz swing dos anos 30 e 40) e teve um evento grande em Belo Horizonte (minha cidade), em que hoppers de outros estados vieram. Daí estava conversando com uma dessas visitantes e eu disse que era escritora e que gostava de ler e-books e tudo mais. Conversa vai, conversa bem, a garota disse: "Olha, eu li um e-book ótimo outro dia com contos de Natal. Incrível Acho que você vai gostar!". Eu perguntei o nome do livro e ela respondeu: "Noites Negras de Natal e outras histórias". Aí eu disse: "Então, esse ebook é meu". A gente caiu na risada. Foi uma sensação incrível saber que alguém tinha gostado tanto de uma coisa minha e dizer isso espontaneamente, sem saber que era eu!

Por vezes um escritor acaba gostando bem mais de um personagem ou de um grupo do próprio livro, tem algum personagem seu que você tem um carinho maior ao pensar nele? Se sim, qual?

A gente se apega a alguns personagens sim! Então, em Nada mais que o normal, eu gosto bastante da Luísa e adoro escrever cenas em que ela e Théo estão juntos. Eles são engraçados, amigos de verdade. Outros personagens que tive um apego especial: o cavaleiro Tristan do conto "A Torre e o Dragão" e Amélia, a garota corajosa que luta contra piratas em "Mais pesado que o ar". Toda vez que me pego pensando neles dá um calorzinho gostoso no coração.


Como escritora e blogueira, acha que consegue ter maior contato com seus fãs?

Acho que sim. As pessoas me encontram através dos blogs (mundomel.com.br e livrosdefantasia.com.br) e isso é muito legal. Hoje com Twitter e Facebook é muito mais fácil ficar em contato com leitores e ouvir o que eles têm a dizer. Na verdade, foi por isso que quis postar Nada mais que o normal primeiro no Wattpad: pra ter contato com leitores e ouvir o que eles têm a dizer. Pra mim isso é muito importante.

O que gosta de fazer no seu tempo livre? Tem algum hobby em especial?( sem ser escrever )


Não pode escrever? Bah! Então, eu gosto muito de ler (óbvio), viajo fácil com uma boa história. Também amo séries, sou totalmente viciada em Netflix! Como já comentei, também danço: além de Lindy Hop, faço aulas de ballet clássico.

Se pudesse mandar uma mensagem para a Melissa do passado, antes de ser escritora e dar um conselho, qual seria?

Uau! Que pergunta! Então, eu diria à Melissa do passado que ela não se preocupasse tanto com as expectativas das pessoas, com as implicâncias da escola, com o medo de errar. Isso tudo passa e o futuro tem sim seus desafios, mas vai valer a pena. É preciso continuar acreditando sempre em nossos sonhos.

Gostaria de deixar alguma mensagem para seus fãs?

Queria dizer que sem vocês nada disso seria possível! Cada vez que alguém diz ser cativado por uma história minha, sinto que fiz a minha parte. Quero sempre melhorar e são para vocês que essa melhora existe. Obrigada por tudo! 

Agora, sobre o livro Nada mais que o normal:


O que te inspirou para escrever Nada mais que o normal?

Essa história já está na minha cabeça faz anos e é de certa forma inspirada em algumas experiências da minha adolescência. É uma forma de dizer que não esqueci como é passar por essa fase, como é se sentir meio perdido e louco. Luísa não sou eu, mas ela vive algumas coisas que eu vi/vivi. 

Nada mais que o normal tem um clima que deixa a marca mesmo com uma breve explicação do livro, acha que muitas garotas vão se identificar rapidamente com alguns dos pensamentos de Luísa? 

Eu acho que sim. Por mais que a tecnologia avance e as gerações sejam diferentes, alguns conflitos nunca vão mudar: sempre teremos medo de algumas mudanças, sempre vamos nos apaixonar, fazer amigos, brigar com eles, achar que nossa vida é muito mais entediante que a de outras pessoas. Luísa vive tudo isso, por isso muita gente vai se ver ali. Talvez até os que não tenham mais 15 anos.

Para quem nunca usou o wattpad, mas está interessado em ler Nada Mais que o Normal, o que eles precisam para poder ler seu livro por lá?

Para ler no Wattpad você precisa se cadastrar no site. É super simples: e-mail e senha. Pronto! Você já pode navegar nesse mundo de histórias. Para procurar meu livro é só digitar o título ou meu nome na barra de buscas. Voilá! Pode começar a ler.
  


Bem, por hoje o post fica por aqui minaaa, espero que tenham gostado, eu fiquei super feliz com essa oportunidade, e a mesmo tempo muito surpresa de verdade, só tenho a agradecer, o Dicas da Kira é muito importante pra mim, e amo quando meu trabalho é reconhecido assim ( Muito obrigada Melissa, de verdade te desejo todo o sucesso do mundo ) Bem, até o próximo post minna!
  



                                                                                                                                                  Beijos da Kira!

17 comentários:

  1. Olá!! Gostei da entrevista,foi muito interessante..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!!

      Que bom que gostou, fico realmente muito feliz! Fi a entrevista com todo o carinho!

      bjs!!!

      Excluir
  2. Interessante! Uma curiosidade sobre criação de roteiros: Como trata a possível morte de um personagem importante, e como decidir quem morreria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma pergunta realmente muito boa! E uma escolha realmente difícil para o escritor!

      bjs!!!

      Excluir
    2. Então, eu acho que um personagem tem que morrer quando ele não tem mais função na história. Eu sei, isso é triste às vezes, mas é a verdade. Se aquele personagem não se insere mais na trama, se o que ele tinha que fazer já foi feito, ou ele sai de cena ou morre. Mas sempre acho que mortes têm que ser usadas com um bom motivo, acrescentando algo de emotivo ou misterioso à trama principal.

      Pelo menos eu penso assim. :)

      Excluir
  3. Curti a entrevista, ainda mais sobre uma autora que não conhecia. Boas perguntas Kira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que com que gostou, muito obrigada por acompanhar o blog e deixar seu comentário!

      bjs!!!

      Excluir
  4. Muito boa a entrevista mana, e bom pra indicar alguns titulos as pessoas q n conhecem os mesmos ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! A Melissa é incrível! Super recomendo que conheça o trabalho dela!

      bjs!!!

      Excluir
  5. Excelente entrevista, alta qualidade nas perguntas e desenvolvimento.
    Parabéns!


    Quanto será a próxima entrevista????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!!! Ainda não tenho uma entrevista marcada para o blog,mas espero que não demore, adorei fazer essa entrevista!

      bjs!!!

      Excluir
  6. Adorei fazer essa entrevista! As perguntas foram mesmo interessantes. Obrigada pela gentileza e carinho, Kira. Espero que a gente se veja por aí ainda. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço por toda a atenção em responder minhas perguntas! Fiquei realmente muito feliz, quero conhecer cada vez mais o seu trabalho e sempre vir aqui no blog e contar aos meus leitores para que eles conheçam também! Muito obrigada!

      Beijos!!!

      Excluir
  7. Aaaii adorei essa entrevista! Que demais! \o/
    A Mel é uma escritora maravilhosa e uma pessoa ainda mais fantástica. E posso dizer o mesmo, Mel, você me incentiva a escrever e ser sempre melhor, obrigada! <3
    Adorei o blog, mega fofo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Ela é mesmo maravilhosa, eu como escritora que nunca manda para as editoras os livros que escreve ( terrível isso, nunca aprovo o que escrevo, sempre acho que devia melhorar antes ) me sinto agora com mais coragem, se um dia conseguir publicar um livro meu, espero ter força e o talento da Melissa, admiro muito ela, esse post e o contato com a Melissa me fizeram ficar muito mais confiante.

      Muito obrigada! Tenho me esforçado para sempre fazer o meu melhor pelo blog!

      Excluir
  8. Amei a entrevista ,com certeza Melissa é muito talentosa e uma pessoa adoravel,te-la como professora é gratificante.Estou acompanhando o livro "Nada mais que o normal" e super me identifico com os dramas de Luisa e a maneira como a autora descreve essas crises adolescentes,a lealdade das amizades e o humor na história é fenomenal.Parabéns Melissa ,você é incrivel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Fiz a entrevista com todo carinho, e a Melissa é mesmo incrível! Tenho certeza de que ela vai longe e ter todo o sucesso eu desejar!

      bjs!

      Excluir