domingo, 26 de julho de 2020

Recomendação de jogos e plataformas.


Yo minna!!! Para quem como eu está com a rotina toda trocada e ou fica de quarentena completa ou parcial eu sei o quanto está sendo complicado. E é por isso que no post de hoje darei uma dica que vai desde gratuitos até algumas opções de jogos mais caros e logo virei falando de outras formas de passar o tempo ok?


No post de hoje quero falar sobre algumas plataformas que são bem bacanas para procurar por jogos para todos os gostos e todos os bolsos. Da para jogar no celular, pc e consoles em geral.

Então sem maior demora, vamos ao post?


Tem muitas empresas que nos trazem jogos maravilhosos como a Ubsoft, EA, Sony, Nitendo, Level Up, Capcom, Rockstar Games, Blizzard, Sega, Riot Games e tantas outras, algumas com jogos direto em suas plataformas e outras vendendo por sites como alguns dos que tem na lista abaixo ou até mesmo vendendo mídia física em diversas lojas.


Durante a quarentena grande parte das plataformas estão oferecendo descontos e algumas já faziam isso desde bem antes, sem contar que na Google Play e na Apple Store já tem váááários gratuitos para quem usa o celular.

Agora vou falar rapidinho de algumas plataformas, até a Amazon entrou no mundo dos games de forma bem interessante! Vou colocar a listinha abaixo (em breve esse post será editado com mais sobre cada um e dicas extras)







Espero que esse post tenha ajudado vocês, atualmente ando jogando Battle Chasers Nightwar, ainda estou no inicio do jogo já que ando trabalhando e estudando em casa, ando meio sem tempo, mas achei muito interessante a sensação nostálgica dada por ele ter elementos clássicos do RPG. Bem, vou conhecendo o jogo e conto mais para vocês em uma resenha depois XD

Ah! Um amigo recomendou Trails of Cold Steel e depois da minha experiência com The Last of Us já aposto que o 2 deve ser ótimo também então entra para a lista!

Entrando nas plataformas que indiquei aqui da para conhecer uma excelente variedade de jogos super divertidos e muitos deles gratuitos ou com desconto então divirtam-se!



Beijos da Kira.


quinta-feira, 16 de julho de 2020

Saúde mental na quarentena: Tirando dúvidas com a Psicóloga Ruanny Coelho


Yo minnaa!!! Hoje trago um assunto muito importante! Sei que muitos estão saindo da quarentena, ou por trabalho ou por ter que cuidar de algum parente que está de quarentena e até mesmo porque depois de tanto tempo muitos desistiram, mas a quarentena ainda deve ser mantida ao máximo possível!

Ficar tanto tempo isolado pode trazer muitas dúvidas sobre como será a volta após a quarentena e muitas dúvidas sobre como devemos cuidar de nós mesmos e de quem nos é querido, afinal ficar tanto tempo em uma situação assim e junto ao medo de vírus pode gerar um estresse alto e até mesmo depressão.

Para nos ajudar a entender melhor tudo isso e nos proteger Psicóloga Ruanny Coelho respondeu algumas perguntas e vou aproveitar para fazer alguns comentários por vezes (Vou colocar “K:” quando for fazer algum comentário) e no caso esses comentários são para vocês, um pouco do que eu pensei e quis falar ao ler as respostas.

Sem maior demora, vamos ao post?



1 - Existe alguma “fórmula” mais efetiva para cuidar da saúde mental nesse período? Como, por exemplo ter uma rotina fixa ou procurar cada dia fazer algo diferente?

Quando se trata de saúde mental, o que eu recomendo em primeiro lugar é a prática do autoconhecimento, pois não existe fórmula.

O autoconhecimento é e sempre será o melhor caminho para a descoberta das nossas melhores formas de cuidado, as quais também podem mudar com o tempo.

Durante a quarentena também é importante manter uma rotina, olhar para si mesmo, fazer uma auto avaliação dos próprios horários e hábitos, da saúde em todos os seus aspectos... Tudo isso é fundamental para evitar a procrastinação, por exemplo, e se manter saudável neste período, evitando assim problemas de saúde e maiores dificuldades quando o momento de retornar à vida corrida fora de casa chegar.

K: Geralmente podemos ir em uma consulta para um psicólogo nos ajudar com a parte de nos entendermos melhor, mas durante a quarentena podemos ou procurar pelos psicólogos online ou adotar pequenas praticas que nos ajudem a nos entender melhor.
Que tal deitar um tempinho na rede, piscina ou lugar que mais goste e pensar um pouco no que está sentindo? Eu vou todos os dias para o terraço de casa pensar um pouco e relaxar olhando a vista!




2 - Quais serão os efeitos negativos mais frequentes causados pelo isolamento?

Sem dúvida o isolamento social poderá elevar e/ou agravar quadros depressivos e/ou de crises de ansiedade em todo o mundo, infelizmente.
Principalmente pela situação de extrema mudança que impacta a vida do ser humano em todos os seus aspectos de forma abrupta.
É importante ressaltar aqui que isso acontecerá porque o ser humano é um ser biopsicossocial, por tanto sua saúde e bem-estar não dependem exclusivamente de sua condição física e/ou orgânica.

Ao falar de saúde do homem, deve-se considerar seu bem-estar biológico, psicológico e social, pois estes são aspectos inseparáveis. Logo, em uma situação como esta da pandemia do Coronavírus, todos eles podem ser afetados em níveis e intensidades diferentes.

K: Claro que cada um viu uma forma de amenizar isso como mais ligações, chamadas de vídeo, mensagens e vi na TV vizinhos tocando instrumentos ou cantando uns para os outros, não é demais!? Respeitando a quarentena e todos os cuidados cada um pode procurar um método que funciona melhor para si.

3 - Como cuidar desses efeitos, existe algum tipo de atividade em casa que ajude?

Às pessoas que me procuram, tenho orientado que evitem o excesso de informação, tendo também um cuidado com as fakenews, pois isso pode intensificar sintomas e/ou crises de ansiedade pelo excesso de medo e/ou preocupação. Além disso, em momentos desconfortáveis ou de crise, faz-se importante que a pessoa foque sua atenção no momento presente, no ambiente em que está, em como ela está, tentando identificar os sintomas e controlar a própria respiração.

Algumas atividades de relaxamento podem ajudar. Como mencionei anteriormente, o autoconhecimento é o melhor caminho. Através dele é possível renovar a própria rotina com atividades diferentes e que façam bem, que façam bem a saúde e ajudem a passar esse tempo.

K: Dei algumas dicas no blog e vou continuar postando, mas são só recomendações, vocês tem que procurar o que faz se sentirem bem ok?

4 - O que acontece com as pessoas que acabam apresentando sintomas físicos da Covid-19 sem ter o vírus? Existe alguma forma de entender até onde é psicológico por conta do medo?

É importante alertar que os sintomas de uma crise de ansiedade podem ser confundidos com sintomas de outras doenças, como a sensação de falta de ar, por exemplo, sintoma comum da COVID-19.

Em um momento de mal-estar físico, a pessoa deve avaliar a intensidade de seus sintomas antes de decidir sair à procura de uma unidade de saúde. Inicialmente, faz-se importante focar em seu momento presente, avaliar a situação e procurar rapidamente formas que ajudem a excluir a possibilidade de ser realmente uma síndrome gripal, procurando entender o que está acontecendo naquele momento. É preciso estar muito atento a alterações como pressão alta e dores fortes, por exemplo, nesses casos o recomendado é procurar um médico.

Uma forma de entender o que acontece em momentos como esses, é procurar se acalmar tentando manter a respiração controlada, tentar identificar e anotar os pensamentos, sentimentos e sintomas presentes naquele momento. Isso ajuda a identificar uma possível crise de ansiedade, por exemplo, o que pode ser controlado e acompanhado com a ajuda de um profissional de saúde mental, sem precisar sair de casa e se expor a outros riscos.


5 - É verdade que mesmo sendo bom ficar com roupas confortáveis em casa sem tanta preocupação ainda assim cuidar da aparência pode ter efeitos positivos no humor?

Sim. A pessoa pode continuar cuidando da aparência ou até mesmo dar um descanso a ela. Neste caso, vale fazer o que faz com que a pessoa se sinta melhor, desde que não a prejudique de nenhuma forma no cumprimento de outras atividades essenciais.

K: No meu caso estou focando em roupas confortáveis na maior parte dos dias, mas tiro uma vez na semana para me arrumar mais ou fazer um spa day.

6 - Muitas pessoas estão recorrendo ao yoga ou atividades semelhantes, mas certa vez li que yoga para pessoas que já são muito ansiosas pode não dar certo. Tentar se adaptar a uma atividade assim realmente é válido para relaxar?

Pode ser válido se aquela atividade for uma atividade que realmente a faça relaxar de verdade, do contrário não dará certo. Mais uma vez chamo a atenção para a prática do autoconhecimento. Através dele a pessoa poderá praticar atividades que realmente lhe façam bem, fazendo essas escolhas de forma mais assertiva.

7 - Em momento como esse, muitas pessoas estão dormindo bem mais que o normal por passar mais tempo em casa, isso pode ser prejudicial ou indicar um início de uma depressão?

Sim, qualquer atividade em excesso pode prejudicar de alguma forma. Neste caso, há fatores a serem considerados relacionados à personalidade, ao estilo de vida e à rotina desta pessoa e, avaliando-a, será possível descobrir se é um quadro depressivo ou não.


8 - E no caso da insônia por culpa de estresse ou ansiedade, tem algo que possa ajudar com ela?

A meditação é uma opção, assim como atividades mais relaxantes próximas ao horário de dormir. Ter uma rotina também ajuda muito nesses casos.

9 - Uma situação como a que estamos vivendo agora pode causar problemas psicológicos que podem acabar se mantendo mesmo após tudo isso passar? Como talvez o medo de sair de casa depois de tanto tempo em isolamento social?

Sim, as principais manifestações de ordem psicológica que podem surgir a partir deste momento são:

Transtornos de Ansiedade - chamando atenção para a Agorafobia (ansiedade acentuada ou medo de duas ou mais situações como utilizar transporte público, estar em locais com filas ou multidões, dentre outras situações)

E para os ataques de pânico, por exemplo;
Transtorno de Ansiedade Generalizada;
Transtorno de Estresse Pós-Traumático;
Transtorno Obsessivo-Compulsivo
Transtorno Depressivo.

Qualquer um de nós sempre estará sujeito a qualquer manifestação psicológica, pois estamos em constante transformação, bem como o mundo a nossa volta. Por isso, vale ressaltar a importância de procurar um psicólogo e cuidar da saúde mental o quanto antes.

Atualmente, o número de psicólogos atendendo online aumentou ainda mais em decorrência da pandemia. Com o objetivo de colaborar e contribuir com a saúde, psicólogos de todo o Brasil estão realizando atendimentos online, inclusive de forma gratuita.

K: Vale lembrar que a possibilidade desses problemas não é a certeza e avisar sobre eles não é para assustar e sim para que as pessoas se cuidem bem ok? Prestem atenção ao que estão sentindo e se precisarem, peçam por ajuda.

10 - O CVV tem um número onde podemos ligar para conversar com outra pessoa que é voluntária, essa ligação conta como um tipo de ajuda profissional? E se não, ainda assim é uma opção válida?

Em um primeiro momento sim, visto que seus voluntários precisam ter mais de 18 anos, quatro horas semanais disponíveis, fazer o cadastro em uma base ou pelo site e passar por um curso preparatório (gratuito) antes de se tornar de fato um voluntário do CVV (188). Vale lembrar que o CVV é uma alternativa emergencial e isso quer dizer que ele não substitui atendimento psicológico, avaliação psicológica e/ou um acompanhamento psicoterapêutico com um psicólogo. Este é o site do CVV - <https://www.cvv.org.br/>.


11 - Quando sei que está na hora de buscar ajuda profissional?

Esta é uma pergunta muito frequente, por este motivo publiquei mais uma vez um post em meu Instagram profissional que responde esta questão e traz reflexões importantes que caberiam aqui:

📌 Sabe quando você se sente desconfortável com você mesmo? Ou ainda com alguém da família, conhecidos, amigos, parceiro (a)... Ou, com alguém do trabalho?!

📌 Sabe quando se sente diferente em relação a algum lugar ou em alguns eventos e/ou situações bem especificas?!

📌 Sabe aquele sintoma estranho que surgiu de repente e persiste mesmo já tendo feito seus exames laboratoriais?! Nós podemos te ajudar a descobrir sua origem! ( 😲) SIM! 🚨 Existem somatização e doenças psicossomáticas!

📍 Seja na profissão, na família, na social com amigos, no relacionamento amoroso... Os seus comportamentos sempre dirão algo sobre você e sua relação com o que há a sua volta, até mesmo o espelho! Algo que está bem próximo de você, mas que nem sempre perceberá sozinho e nem sempre vão te dizer. Mas, a boa notícia é que você também não precisa esperar o desconforto ou o conflito aparecer para procurar um profissional de saúde mental. Ele pode te ajudar de muitas formas e em muitas coisas, mesmo que esteja se sentindo bem atualmente.

📤 Eu tenho um e-book ótimo para te ajudar a entender como a terapia pode te ajudar!

📌 Seus comportamentos sempre podem ser melhorados; você ainda pode mergulhar mais em você mesmo: adentrando no próprio autoconhecimento e melhorando o que quiser; sua saúde emocional pode continuar sendo elevada por você; Tudo isso se você se permitir, procurando um psicólogo e conversando, pedindo a ele uma orientação, mesmo que não queira fazer terapia! Já pensou nessa possibilidade

🌟 Também é uma boa refletir sobre particularidades que podem mudar toda a sua vida! Pense nisso! 🌟

12 - E ao notar um parente que precisa de ajuda demonstrando altos níveis de estresse, como posso conversar sobre o assunto?

Atualmente, a psicoterapia ainda é um assunto polêmico. Para muitas pessoas a psicoterapia é um tipo de serviço voltado ao tratamento da “loucura”, ou ainda, sua necessidade seria “frescura” de quem a procura. O que ocorre nesses casos é de fato a desinformação, portanto é preciso ter certo cuidado em relação a isso, pois qualquer pessoa ainda pode ter esse tipo de pensamento, inclusive um parente próximo.

Portanto, é uma questão a ser avaliada. Nesses casos, as possibilidades de um diálogo tranqüilo e informativo sobre o assunto devem ser consideradas. Vale lembrar a importância do cuidado ao levar informações seguras e atualizadas sobre o acompanhamento psicoterapêutico às pessoas.

Informar-se adequadamente é importante! Pensando nisso, desenvolvi o e-book - Na psicoterapia tudo se encaixa - que explica como a psicoterapia pode nos ajudar a manter a saúde mental em dia. É só entrar em contato para download do material ou para tirar dúvidas, gratuitamente!

 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agora gostaria de agradecer a Psicóloga Ruanny Coelho pela ajuda e lembrar a todos que devemos nos cuidar e que se cada um fizer sua parte logo tudo vai melhorar! Vou deixar os dados da Ruanny junto a apresentação dela para quem tiver interesse :)


Psicóloga Online Ruanny Coelho
Instagram: @psicologaruannycoelho
Cel.: 22 9 99374727
Ruanny Coelho Reis Soares: CRP 05/60327



O post fica por aqui minna! Espero que tenham gostado e que estejam se cuidando, quanto mais pessoas fizerem sua parte mais rápido tudo isso acaba. Não estou dizendo que vai tudo voltar ao normal! Nada será como antes, mas quanto antes a situação se resolver mais rápido vamos voltar a sair sem medo e menores vão ser as consequências.

Vamos nos unir para vencer esse desafio ok? Fiz outros posts sobre a pandemia e farei ainda mais o quanto for preciso para ajudar nesse momento complicado

Até a próxima minna-san!

Beijos da Kira.


terça-feira, 7 de julho de 2020

Resenha: A Princesa dos Dentes de Ouro


Yo minnaaaa!!! Finalmente estou voltando com as resenhas! Claro que também amo os posts dos demais assuntos que falo aqui no blog, mas estava com saudades! Enfim... Já conhecem o livro A Princesa dos Dentes de Ouro? O livro é da autora Marcia Fernandes da L. Ferreira  está disponível pela editora Proverbo.

Esse livro é a estreia da autora no meio literário e é voltado para as crianças, vi muitos pontos interessantes neles que vão chamar a atenção das crianças e incentiva-las para que a curiosidade pelo livro estimule a leitura.

Vou falar rapidamente da Autora e em seguida farei a resenha com detalhes sobre o livro e na terceira parte irei falar minha opinião...Agora vamos ao post?


A autora:
 

Marcia Fernandes é mãe de duas filhas, Júlia (13 anos) e Giovana (5 anos), artesã, confeiteira amadora, co-fundadora da Editora Proverbo e autora dessa linda história infantil que encanta crianças e adultos.

No início do livro tem um pequeno texto onde ela o dedica ás filhas:

“Ás minhas filhas Júlia e Giovana, fontes cotidianas e persistentes de inspiração.
A quem busco ensinar e com quem aprendo todos os dias a ser uma mãe e uma pessoa melhor.”


O livro:



“O que você acha de conhecer uma princesa que, em lugar dos dentes de leite, nasceram-lhe dentes de ouro?

Ela adora ficar da janela do seu quarto, olhando o mar.
A princesa dos dentes de ouro, como toda menina sapeca, é levada e bem bagunceira, mas aprenderá, bem rapidinho, os problemas que algumas atitudes ruins podem acarretar.
Este livro encantador e apaixonante, envolverá crianças e adultos.”

A Princesa dos Dentes de Ouro é um livro infantil com páginas coloridas e ilustradas com bastante criatividade em desenhos chamativos para crianças. O livro é escrito com diversas rimas em textos curtos e bem escritos que facilitam bastante para os novos leitores.

O livro começa com uma princesinha muito inteligente e gentil que no lugar dos dentes de leite tem dentes de ouro e conforme eles caem a mãe dela guarda em uma caixinha e pede para a filha não pegar, pois o quarto dela é muito bagunçado e se deixasse cair seria fácil de perder. Tudo narrado com trechos curtos em rimas fofas e engraçadas.

Cada parte é feita de forma que parece se fechar em pequenos ciclos de acontecimentos até chegar ao final do livro, assim uma criança que ainda está aprendendo e que não tem tanto costume de ler pode ou revezar com os pais para cada um ler uma parte ou ler aos poucos dando pequenas pausas. Ainda assim não é um livro grande e maçante, se quiser a criança pode ler todo de uma vez também.

No livro o leitor pode acompanhar a princesa e aprender com ela sobre responsabilidade de forma divertida.

Informações:
Autora: Marcia Fernandes da L. Ferreira
Editora: Proverbo
Formato: 15x23cm
Páginas: 20
Preço de Capa: R$27,00
ISBN: 978-65-80264-44-5


Minha Opinião:


Achei uma graça! O livro é fofo, leve e com várias rimas divertidas. Vi potencial para quem sabe ter mais em uma coleção com livrinhos sobre a princesa e suas aventuras. As cores das páginas e as ilustrações são muito bonitas e chamativas e a estorinha é contada de forma leve e descontraída com seus versinhos curtos.

Eu não acredito muito em falar “esse livro é para crianças de idade entre X e Y” porque cada criança tem curiosidade por um tipo de tema em um momento diferente então se for para recomendar digo que achei o livro bem bacana para os pais lerem pros filhos, para crianças que estão aprendendo a ler e para as que já sabem e estão tendo seus primeiros livrinhos e gostam de princesas.

Também gostei muito do desenho feito para representar os personagens, saiu bastante do que costumo ver como padrão e fazendo isso as crianças tiram esses padrões também, o que as incentiva se imaginar no lugar dos personagens de forma mais livre.

Em resumo, achei um ótimo livro para crianças e posso apostar que ele tem potencial para estimular a criatividade dos pequenos e para dar a eles maior interesse pela leitura. 



Espero que tenham gostado do post minna! Eu amei fazer essa resenha, é realmente um livro muito fofo e espero que ele motive várias crianças para que tenham interesse pelo mundo literário!

Prometo que logo vem mais posts,  vários deles sobre o meio literário, mas não é o único assunto, logo trarei um post bem interessante sobre como passar o tempo nesse 2020 que não está sendo nada normal! E claro, tem muita resenha maravilhosa chegando!




Beijos da Kira.