sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Resenha: O Purgatório Mental - Henrique Medeiros


Yo minnaa!!! Hoje trago a resenha do livro O Purgatório Mental! Do autor Henrique Medeiros, quem via a entrevista que fiz com ele já sabia que vinha resenha por ai e hoje trago ela para vocês,finalmente, a resenha! Mas quem ainda não conferiu, não se esqueça de passar no post Entrevistacom Henrique Medeiros

Ah! Não esqueci do sorteio não! Mas como ando tendo problemas com a internet decidi deixar os 3 que já estão rolando e voltar com os sorteios no mês que vem ok? Então...Vamos ao post?

Link para o livro: Amazon

Sinopse:

"Quem sou eu? O que sou eu?” Perguntas que se repetem na mente de um homem atormentado. Caído dos céus e sem memórias, preso dentro de uma claustrofóbica floresta e perseguido por monstros, ele precisa lutar contra seus medos e sua ansiedade nervosa para recuperar suas memórias e desvendar os mistérios que o rodeiam – Quem é o homem de terno que o aconselha? Quem é a mulher que o guia nessa caminhada fúnebre? Estaria ele num sonho ou no inferno?
Suspense, drama e paranóia se fundem em um romance aterrorizador."


O Livro:

O livro O Purgatório Mental é um livro que começa de forma um tanto acelerada e confusa, o que combina bastante com a situação do protagonista e esse ritmo diminui bastante após os acontecimentos inicias até passar cerca de pouco mais de 1/4 do livro, nesse ponto ele volta a acelerar, não ficando tão rápido quanto no inicio e sim em um ritmo bem agradável para o leitor acompanhar.

Ele nos mostra o protagonista o tempo todo refletindo sobre o que está acontecendo e detalhando o que vem em suas lembranças, tem muitas questões que podemos levantar ao ler e não somente sobre crenças, mas também podemos nos perguntar "até onde alguém pode ser cruel?" ou "quais são os limites que podemos ter ao lutarmos em meio ao caos?" dentre várias outras questões.

É uma chance do leitor refletir sobre junto com o protagonista, seus pensamentos, seus pesares e sua culpa bordam seu caminho e de certa forma o leitor acaba avaliando todas as informações que unindo elas com a jornada trazem ainda mais perguntas...Ele merece chegar ao fim desse caminho?

Imagino que falar que Purgatório Mental é um livro narra de forma poética todo o caos seja uma boa forma de explicar o clima encontrado nele. Falar mais detalhadamente sobre esse ponto acabaria revelando demais sobre o livro, o que posso dizer é que cada peça está em seu lugar e cada acontecimento tem um forte motivo, mesmo que alguns demorem para aparecer.


Minha opinião:

Esse livro é bem diferente dos outros que resenhei então demorei um pouco para descobrir a melhor forma de trazer essa resenha (eu sempre procuro fazer uma resenha que se adapte ao tipo do livro para ajudar os leitores na hora de conhecerem melhor a obra) nele Henrique Medeiros nos apresenta um cenário forte e o descreve de maneira bem clara, no inicio do livro parei para imaginar o cenário narrado e tive a imagem bem nítida na minha mente, ele foi aproveitado por completo para trazer curiosidade ao livro.

Sendo completamente sincera eu fiquei bem curiosa no início do livro, mas demorei um pouco para ler a parte em seguida e voltei a minha leitura de forma acelerada e curiosa por mais depois de 1/4 do livro ter passado, a partir desse ponto meu interesse pelo livro cresceu novamente e nem senti as páginas passarem, querendo descobrir logo o que estava por vir.

Esse livro me deixou realmente impressionada, teve uma parte logo após o inicio que pensei que não iria gostar tanto assim dele, mas logo que passei dos 30% do livro no meu Kindle mudei minha opinião e posso afirmar que vale muito a pena ler esse livro.

Informações:
Gênero: Fantasia, Horror, Ficção e suspense.
Páginas:  231

Preço:
E-book: R$: 6,00


O post fica por aqui minna-san! Espero que tenham gostado, se ficou alguma dúvida peço que deixem nos comentários! Fiquei muito feliz em conhecer o trabalho do escritor Henrique Medeiros, espero trazer mais sobre ele no futuro.


Lembrando que os sorteios voltam no mês que vem cheios de novidades! Mas ainda tem os três que já estão rolando, o de Rafani termina dia 26! Melhor correr e participar!


Beijos da Kira.


quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Festa de Halloween e os Lançamentos Empíreo


Yo minna!!! Se lembram do meu post Pré-Venda: Vampiro Um Livro Colaborativo  ? Agora é o lançamento, e com direito a uma festa de Halloween! Claro que vim contar para vocês em detalhes sobre esse vento imperdível!

Como falei no post sobre Vampiro: Um Livro Colaborativo ele é uma iniciativa muito bacana de Editora Empíreo e teve sua campanha no Kikante para celebrar os 120 anos da publicação de Drácula, de Bram Stoker. Já a Antologia Sombria foi organizada pelo escritor André Vianco, que também vai estar presente no evento de Halloween que trará o lançamento dos livros.

O evento será dia 28/10/2017 das 10h às 22h no Frederico Hostel Na Rua Raul Pompéia, 579 - Vila Pompeia, São Paulo - SP

Links:







Lembrando que esse evento de Halloween tem entrada gratuita e está cheio de atrações como oficinas delive-painting e maquiagem de terror, mesa de RPG, micropalestra sobre literatura de horror e concurso de fantasias. Além disso tudo ainda tem a  livraria com preços promocionais e a sessão de autógrafos com os autores das coletâneas! E  ainda tem a oportunidade para doação de çlivros! não é tudo de bom!? 

"As histórias foram criadas especialmente para as coletâneas, compondo dois
panoramas que oferecem uma fascinante combinação entre o clássico e o renovador no
universo do horror. As tramas ocupam as mais inusitadas paragens: de megalópoles
contemporâneas até o Egito antigo, passando pelo Brasil das capitanias hereditárias e até um
submarino. Os protagonistas, de todas as personalidades e nuances, fazem jus à tradição de
um gênero que deu origem a vários dos personagens mais memoráveis da literatura."

Sugooooooooooooooooooiii né!? Infelizmente moro no RJ e não tenho como ir para SP para o evento, mas para quem mora em SP ou tem como ir é só esperar o dia 28 e aproveitar! Para todos que vão eu desejo que se divirtam muito!

O post fica por aqui minna! Lembrando que quem não puder ir ao evento de lançamento ainda pode conseguir os livros pelo site da Editora Empíreo espero que tenham gostado do post, fico muito feliz em trazer dicas como essas aqui no blog


Beijos da Kira.


domingo, 15 de outubro de 2017

Magos – Histórias de feiticeiros e mestres do oculto


Yo minna!!! Hoje venho trazer uma resenha muito especial! Quando anunciei que iria falar desse livro recebi comentários inbox com algumas perguntas sobre ele nessa resenha falo minha opinião sincera e acho que consigo responder todas as dúvidas

Ah! Se ainda tiver alguma dúvida ou curiosidade que queira me perguntar sobre esse livro pode deixar nos comentários, como são 12 contos para a resenha não ficar gigante hora eu falo mais sobre o livro como um todo e falo beeem rapidinho sobre os contos, mas vou trazer outro post falando sobre cada autor e cada conto separadamente e posso explicar lá se ficarem com mais alguma dúvida.

Para ver mais informações também podem ir no site da Editora Draco, ou nas redes sociais da editora, vou deixar os links para vocês.

Links da editora:





Uma pergunta que foi feita por 3 pessoas diferentes foi sobre como a magia é usada no livro e nesse post ta bem explicadinho, assim como tem as outras perguntas ok? Então...Vamos ao post?


Sinopse:

A magia de criar a fantasia
Há quem possa ferir um inimigo de longe, tendo apenas um fio de seu cabelo. Conjurar entidades que possam aconselhá-lo ou até mesmo o próprio fogo, que queimará ao seu comando. Desde a Antiguidade esses sábios são conhecidos como magos, aqueles que manipulam as palavras e símbolos para transformar a realidade. E agora você está convidado a visitar esse universo onde tudo é possível para os conhecedores das artes ocultas.

Em Magos – Histórias de feiticeiros e mestres do oculto, você vai encontrar relatos secretos sobre espadas míticas e magia céltica. Conhecerá magos que vivem no Brasil, mergulhará em distopias em um futuro não muito distante e até mesmo em um “Oeste bizarro”. Saberá que magia e tecnologia não são tão diferentes, quando acompanhar uma menina para dentro de seu game favorito. Viajará para terras imaginárias, onde a humanidade busca a ascensão em um reino que sentiu a ira do Céu, e se arriscará ao lado de aprendizes incautos ou simplesmente desastrados.

Organizada por Ana Lúcia Merege, autora da série de fantasia O Castelo das Águias, a coletânea traz histórias de poder desvendadas com a magia de Eduardo Kasse, Simone Saueressig, Erick Santos Cardoso, Karen Alvares, Marcelo A. Galvão, Vivianne Fair, Eric Novello, Liège Báccaro Toledo, Charles Krüger, Melissa de Sá e Cirilo S. Lemos.

Conjure seus encantamentos, fortaleça o seu espírito e prepare-se, pois a Porta da Verdade está nas páginas deste livro. Cabe a você abri-la.


O livro:

Magos é um livro que traz 12 contos diferentes, cada um com seu autor e mesmo tendo a magia como tema central um conto é completamente diferente do outro, nesse livro vemos a magia de diferentes formas, desde as mais conhecidas até algumas bem diferente do que estamos acostumados a encontrar nos livros dessa temática. Temos também diferentes épocas e locais, cada autor traz uma visão diferente da magia e dessa forma cada conto traz um clima distinto dos demais.  

No final do livro tem "Os conhecedores da Verdade de Todas as Coisas"  ali podemos aprender um pouco mais sobre cada autor, o que é muito importante para os amantes da leitura que querem conhecer melhor as mentes por traz de seus contos queridos e também é muito bom para os escritores que tem seu trabalho reconhecido.

Esse livro é ideal tanto para quem gosta de contos mágicos quanto para quem quer começar esse tipo de leitura agora e quer dar uma olhada no leque de possibilidades e ainda ter 12 contos para se entreter e conversar com amigos que gostam do mesmo assunto. Recomendo para todos que queiram ler sobre magia.

Minha opinião

Fiquei encantada! Essa foi a resenha mais difícil do blog porque me apaixonei pelo livro e além disso são 12 contos, foi muito difícil colocar em palavras sem dar spoillers e mesmo assim sentia que não estaria passando tudo para vocês, reeditei tantas vezes o post que perdi a conta, então decidi falar minha opinião e depois falar bem rapidinho de cada conto, para completar vou fazer a parte 2 desse post falando especialmente dos autores e dos contos, de forma mais detalhada, mas sem spoillers, claro!

Eu quero deixar claro que tudo que escrevi aqui é da minha sincera opinião, ser parceira da Editora Draco e  de escritores desse livro não muda que sempre sou sincera com vocês, os próprios autores e  até a orientação da editora é para sempre falar de forma sincera e é assim que faço minhas resenhas. Se estou elogiando é porque gostei de verdade!

Voltando ao livro, ele entrou para a minha lista de favoritos, e ele até me ajudou a quebrar um pequeno preconceito que eu tinha com um dos tipos de magia, me apresentando um conto que traz esse tipo de forma que fiquei encantada! Ler Magos me fez ver que mesmo gostando tanto de magia não tem limite para o que os autores podem criar, pelo visto sempre terá um novo tipo de magia para conhecer em diferentes épocas, locais e com diferentes métodos!


Os contos:

Em um dos contos adicionei a letras de musica que tinha antes dele e em outro usei um trecho para mostrar melhor o clima sem dar spoiller XD

Para não dar spoillers e para o post não ficar gigante eu resumi bastante, fiz apenas pequenos comentários sobre cada um e como ainda quero falar mais deles e dos autores vai ter parte dois (avisei acima, mas não custa lembrar) e nela terá mais sobre cada autor e cada conto, claro que sem spoilers!

Aço Sagrado - Eduardo Kasse

"Waiting for the winter sun and the cold light of day. The misty ghost of childhood fears. The pressure is building, and I can't stay away (Esperando pelo sol de inverno e pela fria luz do dia Os nebulosos fantasmas dos medos da infância A pressão está se formando e eu não consigo me afastar) Bruce Dickinson"

É o primeiro conto do livro, Aço Sagrado já se mostra impactante desde as primeiras linhas, mesmo em um conto curto ao acompanharmos Ulick podemos perceber diferentes lições de vida e tem dois pontos principais que seria bom pensar "Até onde alguém que subestimamos pode ir?" e também "O quanto alguém pode mudar pelas circunstancias?"

Imaginei cada cena desse conto e com ele Eduardo Kasse nos leva para uma aventura que em poucas páginas 'preenche' a mente do leitor de informações e da asas para a imaginação, ele consegue fazer seus personagens com pensamentos e ações tão bem definidos que nos faz sentir como se já conhecêssemos eles, foi como se eu já acompanhasse esse conto, mesmo trazendo elementos tão diferentes dos que já li.

Depois que terminei a leitura senti que posso imaginar perfeitamente como era o mundo dele, realmente como tivesse acompanhado muito mais do que realmente fiz, senti que os conheço, me preocupei, sorri e fiquei ansiosa junto de seus personagens.


O Jogo dos Gêmeos - Simone Saueressig

Esse conto me surpreendeu muito! Me fisgou por diferentes motivos, mas o principal deles é que eu não costumo me dar muito bem com o modelo de magia que tem nele e quando fui ver não conseguia mais parar de ler até saber o final! Fiquei encantada com Faidke, com o mundo, com a forma que o conto foi narrado e 'devorei' rapidamente  O Jogo dos Gêmeos.

Esse é o conto que falei acima, quebrei completamente o tabu com ele e agora parei para pensar que posso ter deixado passar muito conteúdo do bom com isso! Mais um tipo de magia que agora eu gosto e quero ler cada vez mais!

Um ponto que me chamou atenção é que além de ser um conto bem estruturado (personagens cativantes, acontecimentos, criação de mundo) a narrativa é muito atraente, me faz desejar ler mais e mais e com isso terminei esse conto muito rápido, gostei demais e ainda reli algumas cenas!


Um Mar de Fogo - Erick Santos Cardoso

O ponto mais curioso desse conto foi que ao terminá-lo ao mesmo tempo que foi uma leitura  rápida senti como se tivesse terminado um livro completo! Tem muita informação sem ficar cansativo e pude aproveitar bastante e me apegar aos personagens com grande facilidade.

Pude aproveitar cada parágrafo, no conto nos é apresentado um mundo onde a magia tem seu preço e deve ser usada com sabedoria e cautela e que, como se já não fosse complicado o bastante (já que os humanos sempre tendem a querer mais do que podem ter), sempre tem aqueles que querem usar do poder  para impor suas crenças.

Agora outro ponto que me chamou atenção é que não consigo ter um personagem favorito, algo que geralmente só tenho com livro grandes  (onde a cada parte tenho um favorito, até que fico sem saber de quem gostar mais) esse conto me deixou bem curiosa do início ao fim e ao mesmo tempo que encerra bem ele também nos deixa querendo ler mais e mais sobre ele, iria adorar uma trilogia!


Coração de Ouro - Karen Alvares

Eu já começo bem o trabalho da Karen e com isso já estava muito ansiosa por esse conto e a Karen não me decepcionou, ela escreve muito bem e nos faz "enxergar" completamente o cenário e eu rapidamente já estava apegada protagonista!

Durante todo o conto eu estava que mal piscava, torcendo para que tudo desse certo (se falar o porque seria spoiler) a visão de magia aqui é bem diferente da maioria dos livros dessa temática e é um tipo que gosto bastante e a Karen trouxe junto a uma distopia maravilhosa.

Ao mesmo tempo que eu posso afirmar que iria amar um livro de 400 páginas ou uma trilogia, Coração de Ouro é um conto que me deixou completamente satisfeita e me fez ter várias idéias, a cada conto da Karen que leio mais a admiro por conseguir prender os leitores rapidamente, nos fazendo esquecer de tudo e focar apenas no livro.


Era Uma vez No Oeste Bizarro - Marcelo A. Galvão

Esse foi um dos que mais me surpreendeu, um uso da magia de forma completamente diferente de qualquer pensamento que eu poderia ter! No início do conto ao mesmo tempo que gostava me perguntava como iria acontecer a magia nesse cenário e ela não deixa nada a desejar, é bem diferente e ainda sim completa.

Ao acompanhar esse conto imaginei vários rumos e errei feio! Nenhuma  das minhas tentativas de adivinhar o final sequer chegou perto! Me apeguei bastante a Legris e fiquei seguindo junto de Zane More nessa aventura completamente diferente do padrão.

Gostei muito e por um momento pensei que não teria como terminar esse conto sem ficar 'faltando algo' mas novamente estava enganada, Era Uma vez No Oeste Bizarro me surpreendeu em tudo e o autor Marcelo A. Galvão agora tem mais uma fã!



A Elfa Maga -Vivianne Fair

A Vivianne Fair é outra autora que conheço o trabalho já faz tempo, (tem um belo leque de resenhas dela aqui no blog) então fiquei tentando imaginar o que ela faria agora para esse livro, ainda mais com esse nome de conto, o que estaria por vir?

A Elfa Maga vem com um clima divertido e curioso,  com esse conto somos apresentado a uma elfa sonhadora e desastrada que é tida como louca por ter o sonho de se tornar uma grande maga e a acompanhamos em busca de tornar esse sonho realidade.

Mas será que ela vai conseguir? Seu sonho pode acabar como um pesadelo? Essas são questões que até mesmo ela deve se fazer e o motivo de ter que pensar nisso não posso contar claramente, mas posso dizer que recomendo MUITO que leiam esse conto.


Crônicas de Libertá: Fogo de Artifício - Eric Novello

Eu realmente adoro contos com investigação, detetives, policiais ou até mesmo civis comuns procurando resolver um mistério é algo que me atrai muito tanto em livros quanto e filmes e séries, animes, mangás, onde tiver eu quero saber, mas por outro lado sou bem chata com essa temática, então quando percebi que estava diante de um conto de mistério já me preparei para dar toda atenção em cada detalhe para tentar pegar qualquer pista que tivesse.

Não é incomum misturar mistério e magia, mas em Crônicas de Libertá o autor Eric Novello traz também momentos em que rimos e esse toque de humor nem sempre funciona nesse tipo de conto...Mas dessa vez ficou perfeito! Eu sinceramente amei acompanhar nosso querido vigilante em busca de descobrir o que estava acontecendo.

E não era um caso qualquer, que tipo de criminoso escolhe lojas de brinquedos como alvo? Crianças e seus pais acabam por ser as vítimas encontradas sem vida, mas o que ganhariam com isso? Porque matar assim? Qual o objetivo final deles ao seguir um padrão desses? Descobrir as respostas dessas e de mais perguntas que vão surgindo foi muito divertido e veio com um clima que tanto fica perfeito para esse conto curto quanto para um livro de vários contos, como episódios de uma série sobre os vigilantes.



Kyrie Eleison - Liège Báccaro Toledo

" Se tivesse prestado atenção ao som da chuva naquele momento, talvez eu tivesse ouvido as vozes da tempestade,sussurrando, dizendo-me que eles estavam agindo. Talvez se eu tivesse sentido a presença ancestral naquele quarto. Na verdade os espíritos estão em todos lugar, desenhando vida como nós desenhamos na areia "

Escolhi esse trecho porque ele consegue trazer bastante do clima desse conto sem mostra o que não devia, em Kyrie Eleison vemos aquele cenário bem construído onde logo no início estamos curiosos, mas o conto vai avançando aos poucos, acelerando gradativamente para se apresentar.

Penso que justamente por começar em um ritmo mais calmo enquanto nos apresenta a situação e que Aislinn se encontra para em seguida apresentar novos elementos é que esse conto acaba nos pegando mais rapidamente, me distrai enquanto lia e esqueci completamente do mundo até terminar minha leitura. É um conto que te  prende quando menos espera e  quando isso acontece você já não quer saber de parar.


O último Desejo - Charles Krüger

"Será que os sonhos têm realmente um significado?"
 E com essa pergunta inicial começa o conto O Último Desejo, junto de Raian e Yella, nesse primeiro e fofo momento onde vemos que tem algum problema acontecendo, para logo depois entender que esse problema vem de uma calmaria que está deixando de existir...Como assim? Vou explicar.

O conto se passa em um reino muito calmo, onde não se tinham sequestros ou assassinatos, onde tudo corre tão bem que chega a ser monótono demais, mas sem incomodar, quem iria reclamar de viver em perigos preocupando o tempo todo? O problema começa porque justo nesse primeiro momento do conto é quando começaram a desaparecer pessoas e corpos foram encontrados e como se não fosse ruim o suficiente, a medida tomada para impedir isso não resulta, na verdade tudo piora...

 É nesse ponto que iniciamos a leitura m busca do que está acontecendo (e nesse primeiro momento eu já gostei de Raian e Yella) só nesse início já me veio muitas perguntas e pouco depois vieram teorias, mas contar sem acabar falando demais é um pouco complicado, então deixo para falar mais sobre O Último Desejo na segunda parte da resenha ok?


De Carona - Melissa de Sá

Mais uma autora que eu tenho resenha aqui no blog! A Melissa  tem até entrevista aqui no Dicas da Kira e logo que cheguei no conto dela fiquei tentando adivinhar o que encontraria e  fiquei feliz ao ver logo no início  um clima jovem e divertido que a Melissa consegue criar logo nas primeiras linhas, ao mesmo tempo que queria saber como a magia iria entrar nesse conto.

 O conto começa acompanhando a Francine, uma garota que gosta de filmes e livros, tem seu namorado e tudo, até ai vemos um clima bem normal em vários pontos... A campainha toca, será uma visita paranormal? Er...não...Tudo normal, briga, desentendimento entre amigas e...Diários?

É ao que o "tudo normal" vai para o espaço e temos a magia começando a aparecer no livro, a Melissa nos guia por essa aventura de forma única,  clima é totalmente diferente e ao mesmo tempo não se perde do foco principal, novamente a autora conseguiu me surpreender, como sempre acontece quando leio um conto dela.


E então Eu Não Estava Mais Lá - Cirilo S. Lemos.

Conheci o Cirilo S. Lemos na bienal o livro ( na verdade foi onde conheci pessoalmente todos os que estavam lá, mas alguns eu já tinha tido contato antes, como a Ana Lúcia Merege) eu não cheguei a perguntar pra ele sobre o que encontraria no conto, então foi 100% surpresa quando peguei para ler.

E então Eu Não Estava Mais Lá já começa com uma notícia um tanto assustadora para o personagem que acompanhamos , um verdadeiro choque e a partir daí começamos a seguir os passos de Marlo, que está completamente desnorteado e sem rumo, acontece essa parte de forma bem detalhada até chegarmos ao ponto que começa a magia desse conto.

Como já falei, cada um dos 12 contos é bem distinto dos demais e Cirilo S. Lemos veio com uma visão de magia que eu não esperava, até mesmo o ritmo que segue o conto é bem diferente em tudo, do tipo que não notamos enquanto passamos as páginas, o tempo passa bem rápido e quando vi já tinha terminado o conto, que foi bem completo ao memsot empo que iria adorar ler ainda mais sobre ele.

De Poder e de Sombras  - Ana Lúcia Merege

Esse em especial estava me deixando MUITO curiosa até mesmo antes de começar a leitura, quem leu minha resenha "Resenha: O Castelo dasÁguias"  já sabe como me tornei fã da Ana Lúcia Merege e esse conto é muito especial, porque temos o Kieran quando jovem! Nossa, só em saber disso eu já fiquei MUITO ansiosa para ler.

Um ponto muito importante para destacar aqui é que mesmo para quem não leu O Castelo das Águias esse conto tem um efeito muito forte, é o clima do livro conquistado logo nas primeiras páginas e ao mesmo tempo que ver Kieran quando mais novo traz um presente maravilhoso para os fãs que mergulharam em Athelgard, ele também leva novos leitores para o mesmo nível de encanto, uma aventura que preenche todo o conto de forma encantadora.

O conto já começa bem agitado e ao mesmo tempo que guia o leitor pela aventura dele também vai ensinando de forma leve e natural sobre a magia que o envolve (por esse motivo novos leitores conseguem acompanhar)De Poder e de Sombras tem uma leitura deliciosa que se encerra de forma que ao mesmo tempo que satisfaz o leitor o deixa desejando conhecer mais sobre aquele mundo.



Informações:
Editora: Draco
Gênero: Fantasia, magia
Páginas:  272
Formato: 14 cm x 21 cm






Média de preço:
Impresso: R$ 
E-book: R$
Amazon  
O post fica por aqui minna, espero que tenham gostado e que tenha conseguido matar a curiosidade de vocês sobre o que encontra nesse livro! Eu amei fazer esse resenha, ao mesmo tempo que foi um desafio resumir tudo que eu queria falar eu pude reler vários trechos para passar o melhor possível a essência de cada conto para vocês!

 Não se esqueçam que terá parte dois! Um especial falando mais de cada conto e cada autor ♥



Beijos da Kira.




Entrevista com Henrique Medeiros


Yo minna, hoje trago essa entrevista e daqui a alguns dias sai a resenha de "O Purgatório Mental" assim já podem conhecer um pouco mais sobre o escritor Henrique Medeiros desde já. Conheci o escritor quando ele entrou em contato pelo Espaço para Escritores, http://www.dicasdakira.com.br/p/espaco-para-escritores.html ter esse espaço no blog é maravilhoso, me da a chance de conhecer mais escritores ao mesmo tempo que  eles podem divulgar melhor o trabalho que fazem!

E ainda hoje tem resenha! E é o livro Magos - Históriasde feiticeiros e mestres do oculto! Ele é o primeiro livro da lista que fiz no post Livros da Bienal  
    

Antes de começar, muito obrigada por ter aceitado essa entrevista, e seja bem-vindo ao Dicas da Kira!
Obrigado!Agradeço por ter me dado esta oportunidade e cedido seu espaço para esta entrevista :D

Para começar a entrevista vou fazer minha pergunta favorita, o que te inspirou para começar a escrever?
São duas coisas relacionadas:
Desde criança eu tenho uma mente muito fértil e hiperativa. Isso me fazia imaginar e criar histórias, inspirado nos desenhos, filmes e games que eu consumia na época. Eram tantas que um dia pensei “Preciso mostrar isso para as pessoas”. Bateu que na mesma época comecei a ler livros. Encontrei na literatura um meio ideal de narrar essas histórias.
Com o passar dos anos, encontrei também nessas histórias um meio de me expressar e expurgar as coisas dentro de mim. Por eu ser meio fechado para as pessoas, é contando uma história que tento expor um pouco o que se passar aqui dentro. O Purgatório Mental é um exemplo disso. Escrevi com 17 anos, bem na época que as minhas crises de ansiedade começaram. Todo o caos na mente do protagonista também era meu caos naquela época.

Tem outros livros em mente? Se sim, pode contar um pouco sobre eles?
Tenho muitos, é munição para o resto da vida! (risos) Estou escrevendo um, inclusive. É uma fantasia sobre um garoto e um gato falante, que viajam por um arquipélago mágico num guarda-chuva; o menino atrás dos pais, o gato atrás de um tesouro. E no meio de todas as desventuras deles, são perseguidos por um poderoso senhor das trevas que quer dominar o mundo. Espero conseguir terminar a primeira versão até o fim de outubro.
Também tenho outras histórias, de vários gêneros. Ficção científica, pós-apocalipse, fantasia, até romance policial. Mas essas precisarão uma maturidade literária grande pra conseguir escrever, devido à sua complexidade.

O que considera mais difícil para escrever um livro?
Essa é uma boa pergunta. Todo o processo de escrita é, no geral, difícil. Escrever a primeira versão da história, depois reescrever, editar, digramar... É um filho complicado para nascer.
Mas acho que o principal fator e que afeta tudo isso é a disciplina. Conseguir criar uma rotina de escrita, cumprir suas metas pessoais sem ter que encher linguiça só para batê-las. Pra quem tem ansiedade ou é um procastinador ferrenho, isso é um inferno.

Teve algum escritor que te inspirou quando começou a escrever?
Muitos. Citar um seria muito difícil. Mas acho que o Edgar Allan Poe foi um dos que mais me influenciaram desde sempre. Também teve o Ignácio de Loyola Brandão, daqui do Brasil. O surrealismo dele é incrível e convincente demais.

Por vezes um escritor acaba gostando bem mais de um personagem de seu livro que dos outros, tem algum personagem seu que você possa falar que é o seu favorito? Se sim, qual?
Dentro d’O Purgatório Mental foi Jevaho. A personalidade dele e o jeito como ele lida com as coisas me cativaram muito. Acho que se eu escrevesse essa história hoje, eu teria dado um foco muito maior nele.
Quanto às outras histórias, cada uma tem um personagem que é meu favorito. Mas elencar dentre eles o que mais gosto seria difícil. O jeito é colocar todosnuma única história para brigarem e o vencedor será o favorito supremo! (risos)


Tem ou planeja ter algum livro ou trecho de algum livro disponível gratuitamente pela internet (como Wattpad ou Amazon)?
Sim. Gosto de escrever contos e crônicas desde sempre, e agora estou tentando pô-las nas redes sociais para atingir mais pessoas com elas. Tenho uma página no Facebook onde comecei a postar crônicas, o nome dela é Rascunhos Inquietos. Também estou apanhando para conseguir colocar meus contos no Wattpad.


Se eu conseguisse cativar algum público, adoraria criar uma história gratuita onde eu mostraria um capítulo e dois possíveis caminhos para o próximo; as pessoas decidiriam o destino da história, e eu mostraria até onde iria esse louco desenrolar democrático.

Considera alguns gêneros mais complicados que escrever do que outros?
Não necessariamente. Isso depende bastante das habilidades do escritor e das suas experiências de vida. Para mim, hoje em dia, qualquer coisa é bem difícil, em especial se envolver muita ação ou um aprofundamento maior em um personagem. Você precisa escolher com cautela as palavras para conseguir transmitir tudo sem ser chato ou confuso. Mas ainda bem que é assim. Se fosse fácil, uma hora ficaria muitochato.

Já teve ou tem algum livro ou alguma idéia que deixou guardada e pensa em continuar um dia?
Muitas! Espero viver o bastante para poder botar elas no papel.

O Purgatório Mental teve a reação que esperava de seus leitores?
Sinceramente, eu estou surpreso! Por ser uma história estranha, eu esperava reações mornas ou negativas. Mas até agora recebi muitos elogios, e mesmo os que não gostaram me deram críticas bem construtivas. Isso me motiva bastante.

Tem alguma dica ou recomendação que gostaria de fazer para aqueles que desejam se tornar escritores?
Do pouco que sei, posso afirmar duas coisas: Não esperar por um dia perfeito para escrever, e sim praticar até ser capaz de escrever até no meio do Furacão Irma. Além disso, aproveitar a Internet como uma poderosa aliada dos tempos modernos.

A entrevista está acabando, mas antes, nos conte um pouco mais sobre o seu trabalho, pode ser planos para o futuro, um pouco sobre como tudo começou, o que preferir.
Comecei a escrever aos 10, com uma história sobre um lobisomem que criava um Império gigantesco. Parei por um tempo e voltei a escrever com uns 15 anos.

Posso afirmar que ter sido capaz de publicar uma história e fazê-la ser lida pelas pessoas, mesmo um público pequeno, me deixou bastante satisfeito. E faminto. Quero continuar escrevendo até gastar toda minha munição.

Meu maior sonho na escrita, por enquanto, é publicar um livro físico. Desses que você lança na livraria e fica numa mesinha dando autógrafos para algum gato pingado ou outro que compra. E, se eu for morar fora um dia, que eu possa levar essas histórias para o mundo!

E por fim, gostaria de deixar alguma mensagem para os leitores do blog?
Você que está lendo isso: Independente das lutas que você está travando todo dia, lembre-se sempre que um pequeno progresso ainda é um progresso. Mantenha-se motivado, pois todo esse inferno um dia irá passar. E mantenha-se hidratado, isso é importante.
No mas, continue acessando esse blog e mantenha-o vivo. A Kira é muito legal. E compre O Purgatório Mental na Amazon. Está 6 reais, o preço de uma coxinha e um refri, com a diferença que você alimentará sua alma!

That’sall, folks! õ/


O post fica por aqui minna-san! Espero que tenham gostado de aprender um pouco mais sobre o escritor Henrique Medeiros, assim que sair a resenha do livro dele vou avisar nas redes sociais ok? Desde a bienal os assuntos literários estão bem em alta aqui no blog, espero que estejam gostando, quero trazer cada vez mais livros e autores aqui!

E não se esqueçam que ainda tem mais um post hoje! A resenha de Magos - Histórias de feiticeiros e mestres do oculto ! Falta bem pouco para liberar a resenha!


Beijos da Kira.