domingo, 28 de maio de 2017

Novidade no canal! Doces Japoneses!


Yo minnna!!! Passei aqui rapidinho para mostrar um gostinho do que vai aparecer no canal em breve! É a primeira vez que faço vídeo de doces japoneses, então conto com vocês e seus comentários para saber se mantenho nesse modelo ou mudo algo ok? ♥

Nos vídeos vou ensinar certinho como prepara eles, e falar o que achei, tentar explicar o sabor,etc. 

Vou deixar aqui a lista dos doces questão por vir:

Giant Strawberry Caplico  (Morango com Chocolate)

DIY Apollo Chocolate ( Chocolate, morango e chocolate branco)

Sushi Candy Kit

Candy Hamburgers Kit  (único que não é docinho, é mini comida XD)

Cheeky Drink 6

Magic Jelly

Saku Saku Panda

Candy Chocolate Covered Bananas

Ramune Ramune Candy




Beijos da Kira.




quarta-feira, 24 de maio de 2017

Novex Óleo de Coco: Hidratação, Nutrição e Brilho


Yo Minnna!!! Recebi um super presente da Novex! Um kit super fofo da linha Óleo de Coco, vou contar um pouco sobre esses produtos hoje e depois de testar ele algumas vezes vou fazer uma resenha contando o efeito da primeira aplicação e o efeito a longo prazo ok?

Itens da linha completa:

Vou explicar rapidinho o que cada produto da linha promete, assim da para entender melhor quando procurar por ele, lembrando que é compatível tanto para cabelo liso quanto cacheado.

Shampoo Hidratante:
Além de agir penetrando profundamente nos fios, o Shampoo ReVitay Óleo de Coco é excelente para trazer mais limpeza, hidratação, proteção e um brilho que vai deixar você poderosa e os seus cabelos radiantes como o mais belo pôr do sol.

Condicionador:
Além de agir penetrando profundamente nos fios, o Tratamento Condicionante Novex Óleo de Coco é excelente para trazer mais nutrição, hidratação, proteção e um brilho que vai deixar você poderosa e os seus cabelos radiantes como o mais belo pôr do sol. 

Creme de Tratamento Ultraprofundo:
Novex Óleo de Coco traz esse ativo, super querido, que age profundamente na fibra capilar deixando os fios mega tratados, macios, protegidos, com um brilho intenso e você com elogios por todos os lados.

Multifuncional Capilar:
O Óleo de Coco Novex foi feito especialmente para deixar você poderosa para brilhar. 100% vegetal esse óleo multifuncional pode ser usado de diferentes maneiras para você arrasar e trazer muito mais hidratação, revitalização, nutrição e brilho para seus cabelos.



Eu ganhei o Shampoo Hidratante, o Creme De Tratamento e o Multifuncional Capilar, vou testar conforme as instruções de uso e volto para contar minha experiência e passar algumas dicas para divar!


Beijos da Kira.



sexta-feira, 19 de maio de 2017

10 Animes de Vampiros!


Yo minna!!! Como faz um tempo que não faço post falando de anime resolvi fazer um sobre vampiros,  nem de longe é uma lista com todos (até porque ficaria gigantesca) mas peguei animes bem diferentes um do outro,  com tantos que tem ainda ficou faltando muito que queria colocar na lista mas posso por em um post futuro.


Atenção: Esse post mostra uma lista de animes de vampiros, fiz ela para ser bem diversificada, mas para ser sincera não gosto de todos, pode ter algum que eu não goste e você sim, então vou colocar da seguinte forma: Informações -> Sinopse -> Minha opinião.

Vamos ao post?

Blood Lad


Mangaká: Kodama Yuuki
Diretor: Shigeyuki Miya
Ano: 7 de julho de 2013 – 8 de Setembro de 2013
Temporadas: 1
Episódios: 10
OVA: 1
Gênero: Seinen, Comédia, Sobrenatural, Ação.


"“Staz é um vampiro, chefe de uma seção do mundo demônio, mas ele tem pouco interesse em sangue humano.  Ele é mais apaixonado por cultura japonesa. Quando ele descobre que Yanagi Fuyumi, uma menina japonesa adolescente, acidentalmente vaga para a cidade demônio, ele salta para a ocasião. No entanto, enquanto lida com ela um intruso em seu território,e  Fuyumi acaba  morta por um monstro e se torna um fantasma errante. O Staz decepcionado passa a trabalhar para trazer Fuyumi volta à vida.”


Staz é um vampiro que lembra muito aos garotos que dão uma de que não ligam para nada, mas na verdade se importam com os outros, ele é muito interessado no mundo dos humanos então quando se encontra com Fuyumi fica muito agitado. Já Fuyumi é uma garota meio desligada, mas muito gentil, com isso ela consegue facilmente a simpatia daqueles a sua volta.

Eu gostei MUITO de Blood Lad, sinceramente não vejo como falar de forma resumida e passar o quanto gostei, ainda não sei se gosto mais do Staz ou do Wolf ( acho o Wolf tão kawaii ) e mesmo os personagens de  pouco destaque se mostram bem divertidos, é um anime de clima extrovertido, do tipo que o protagonista é realmente muito forte, o que da algumas lutas bem legais, mas o que mais gostei mesmo foi de conhecer cada personagem, seria legal se fizessem alguns ovas focando neles! O Wolf-chan poderia ter uns 5 pelo menos, já que o anime foca o Staz rsrsrsrs

Dance In The Vampire Bund


Mangaká: Nozomu Tamaki
Diretor: Akiyuki Shinbo
Ano: January 7, 2010 – April 1, 2010
Temporadas: 1
Episódios: 12
OVA: 10
Gênero: Supernatural, Action, Drama.


"A história gira em torno de Mina Tepes, a princesa-governante de todos os vampiros, e seu "protetor", Akira. Assim como outros vampiros, Mina foi escondida com o seu povo por muitos anos. Mina ganha permissão para criar uma zona especial de vampiros, "The Bund", ao largo da costa do Japão, pagando a dívida nacional do governo japonês. Mina, em seguida, revela ao mundo a existência dos vampiros e seu desejo de ambas as raças para viver juntos. As tensões, porém, são elevadas, como seres humanos com medo e facções de vampiros extremistas começam a interferir com o desejo de Mina para a paz com o mundo humano."


A abertura não é muito atrativa, mas o anime é bem interessante, eu devo ter assistido em 2010 ou 2011 então não me lembro muito dos detalhes, mas lembro que gostei muito do Akira, ele é um garoto gentil e protetor,  é muito corajoso também e só ele já faz valer o anime.

Agora quanto ao enredo, a Mina enredo mais, achei bem mediano, a ideia dela de ter um lugar para vampiros e revelar a verdade ao mundo daria um anime muito maior (tanto em episódios quanto em nível) em geral gostei, na escala de 0 a 10 acho que esse anime ficaria com uns 8 pelo que me lembro dele, mas gostei por ter uma pegada mais seria que a maioria dos animes de vampiros, em alguns pontos é até meio pesado ao mostrar o que a Mina passa para seguir com esse caminho.

Diabolik Lovers


Mangaká: X
Diretor: Shinobu Tagashira
Ano: September 16, 2013 – December 9, 2013 / September 23, 2015 – December 9, 2015
Temporadas: 2
Episódios: 12 /12
OVA: 1
Gênero: Drama, harém reverso, Mistério, Horror, Romance.


Em seu segundo ano do colegial, com a mudança de seu pai para fora do país, a otimista Komori Yui é enviada para uma nova cidade cuja escola em que entra é uma escola noturna para artistas e celebridades. Lá, ela ouve boatos sobre vampiros fazerem parte do corpo estudantil, até que descobre que irá morar com 6 deles, os sádicos irmãos vampiros Sakamaki. Perturbada pela capacidade de ver espíritos e presenciar manifestações de poltergeist, Yui ainda terá de suportar os abusos físicos e psicológicos dos sádicos irmãos Sakamaki enquanto desvenda mistérios tanto sobre seu passado como o deles.”



Tai um anime que fica um pouco difícil de falar...Meio que ele veio de um jogo voltado para garotas, esses jogos geralmente são de conquista e quase sempre são em harén reverso ( muitos garotos apaixonados pela protagonista) o que para um jogo desse tipo não tem problema algum, mas me incomoda quando passam pro anime sem a devida adaptação.

Enfim, a personalidade mostrada por cada um no mundo de Diabolik Lovers é realmente muito bem feita e perfeita para animes, fora a Yui acho que todos são bem interessantes, tai outro problema, porque a garota tem que ser burra e assustada o tempo todo? O Ayato (o ruivo) é muito maneiro.

Acho que se fosse pegar todos desse anime e a base (tem o passado dos garotos e mais os motivos dela estar na casa) da para fazer um anime nota 10 mas infelizmente assistindo o anime só gostei dos personagens, mas como tem um bom numero de fãs acredito que esse modelo ainda agrada muitas garotas, e é garantido que tem sempre muitas mordidas durante os episódios XD

Don Dracula



Mangaká: Osamu Tezuka
Diretor: Osamu Tezuka
Ano: 5 de abril de 1982 – 26 de abril de 1982
Temporadas: 1
Episódios: 8
OVA: X
Gênero: Comédia de terror


"Don Drácula e sua filha Sangria/Chocola, junto de seu servo Igor, mudam-se para o Japão fugindo dos caçadores de vampiros. Mas um dos caçadores, o holandês Professor Gabriel Von Helsing, descobre seu novo esconderijo e pretende destruí- lo a qualquer custo com o Don Drácula aprontando altas presepadas pelo Japão. 

A primeira mulher de quem ele chupa o sangue é uma gorducha chamada Blonda, que depois o persegue pelos episódios seguintes. São clássicas suas cenas caindo nas baladinhas japonesas e babando pelas mulheres jovens e bonitas. O Professor Von Helsing, que sempre que está por perto na tentativa de capturar o vampiro, tem crises terríveis de hérnia, geralmente quando fica nervoso por pressentir que Don Drácula está próximo"


Esse é o único da lista que eu posso falar muito sem nem ter assistido, é que ele é obra do incrível, amado, pai dos mangás, Ozamu Tezuka ( to nem ai que ta acima a informação, ele merece todo o destaque desse mundo) o mangaká responsável por tudo que conhecemos hoje em dia, forma s obras dele que mudaram radicalmente a forma de se fazer manga, então coloquei ele na lista.

Ta, e o anime? Eu ainda vou ver algum epi por curiosidade, mesmo não sendo tanto o tipo de anime que assisto, é uma comédia bem diferente e é menso para o publico infantil, então coloquei aqui mais por curiosidade, mas eu realete queria que o Osamu tivesse feito um anime mais serio de vampiros também, aposto que ele iria conseguir criar um anime incrível.

Ah! O traço de anime da época era próximo aos desenhos americanos, adivinhem quem mudou isso do nada? Que também foi o criador de Astro Boy e que tem até mesmo um museu só dele por seus grandes feitos na história do anime-mangá ?Foi ele mesmo! Osamu Tezuka! 

Karin Chibi Vampire 



Mangaká: Yuna Kagesaki
Diretor: Shinichiro Kimura
Ano: November 4, 2005 – May 12, 2006
Temporadas: 1
Episódios: 12
OVA: X

Gênero: Romance, comédia, Supernatural.


"Karin é descendente de uma tradicional família de vampiros, mas ela não é uma vampira comum. Enquanto os outros vampiros precisam se alimentar de sangue para sobreviver, Karin produz uma quantidade excessiva de sangue e, quando morde a pessoa, em vez de sugar o sangue da pessoa, ela doa o seu. Em outras palavras, Karin é uma vampira criadora de sangue. 

Outras características de Karin vão totalmente ao contrario das dos vampiros como gostar do sol e etc. Por isso Karin podia viver uma vida normal na escola, até que um dia, um aluno novato chegou a escola. Quando Karin via o garoto, ela tinha sangramentos por causa da presença do garoto. Mas pior que tudo, um dia o garoto descobre que Karin é uma vampira."


É um anime bem leve, clima mais para comedia romântica, sabe aquele dia que você querer rir um pouco? Esse anime é para dias assim, clima mesmo de vampiros é mais pro final, e quando envolve o Ren (irmão mais velho da Karin) por mim, teria um anime só focado nele também, é um vampiro elegante e sedutor.

Gostei bastante do anime, só acho que no lugar da Karin eu iria aproveitar mais, não é todo dia que uma vampira tem um humano por perto disposto a ajuda-la no que precisar... E além disso, não é toda vampira que se da ao luxo de andar na luz do dia e viver quase que como humana. E por fim, temos os caçadores, mas isso deixo para um post só desse anime ou para conhecerem ao assistir XD

Ps: não me perguntem o porque das cenas iniciais da abertura, elas realmente não fazem sentido nem depois de ver o anime.

Owari No Seraph


Mangaká: Takaya Kagami
Diretor: Daisuke Tokudo
Ano: 4 de abril de 2015 – 26 de dezembro de 2015
Temporadas: 1
Episódios: 24
OVA: 1
Gênero: Ação, Fantasia sombria


"Um dia, um vírus misterioso apareceu na Terra, que matou todos os humanos infectados com idade superior a 13 anos. Ao mesmo tempo, os vampiros surgiram a partir de trevas do mundo e da humanidade escravizada. Hyakuya Yuuichirou, um jovem rapaz, que, juntamente com o resto das crianças de seu orfanato, são tratados como gado pelos vampiros. Mesmo em cativeiro, Yuuichirou sonha grande. Ele sonha em matar vampiros. Ele sonha em matar todos eles.”


Se for ver a lista até agora esse é o que traz mais dos vampiros clássicos, então se você é fã número um de vampiros e quer testar como seria ver um anime sobre eles Owari no Seraph pode ser uma ótima opção! Ele é um anime que poderia ter tido perfeitamente mais de 100 episódios e faria muito sucesso, é muito popular!

Ele não é como Shiki, Blade, Hellsing ou Blood+, mas não deixa a desejar quando se trata de vampiros mesmo não mantendo o mesmo clima dos animes que acabei de citar (deixei para falar deles em um post futuro) ele mistura o clima tradicional dos vampiros com o clima dos animes clássicos de ação e fantasia e com isso ele cria um clima que só vejo no mundo dos animes e mangás. Recomendo!

Rosario+Vampire


Mangaká: Akihisa Ikeda
Diretor: Takayuki Inagaki
Ano: 3 de janeiro de 2008 – 27 de março de 2008 / 2 de outubro de 2008 – 24 de dezembro de 2008
Temporadas: 2
Episódios: 13 /13
OVA: X
Gênero: Ação, Comédia romântica, Fantasia, Sobrenatural, Ecchi, Harém


"Tusukune era um garoto normal que tirava notas muito ruins e por esse motivo acabou não passando para nenhuma faculdade mais enquanto seu pai estava caminhando, um estranho homem deixa cair um envelope, o pai de Tsukune vê que é como um bilhete de aceito na faculdade então ele pega o envelope e sai. So depois de ter chegado na faculdade descobre uma coisa, que esta é uma faculdade apenas para monstros, mas ele acaba achando um motivo para ficar, Akashya Moka uma vampira que é apaixonada por Tsukuneassim, ele fica na faculdade e tem aventuras que nenhum humano comum teria, além de conhecer várias outras garotas que se apaixonam por ele."


Esse é um ecchi que tem vários seres diferentes, a Moka-chan é uma vampira e é por ela que o protagonista (Tsukune) se apaixona, é meio difícil falar sem dar spoillers então não vou me aprofundar nesse ponto, mas o anime mostra bastante sobre a espécie das garotas que mais aparecem e de alguns outros que chegam a atacar Tsukune.

É um anime bem engraçado, mas que pesa no ecchi em cenas desnecessárias, ficando com essa parte um tanto forçada e indo além dos acidentes onde o garoto cai encima do decote das garotas. Se você nãos e incomoda com esse tipo de cena nem quando ela fica bem exagerada vai gostar do anime, caso contrario e mesmo assim Rosário + Vampire chame sua atenção eu recomendo o mangá onde essa ‘apelação’ é bem menor.

Servamp


Mangaká: Strike Tanaka
Diretor: Itto Sara /  Hideaki Nakano
Ano: Julho 5, 2016 – Setembro 20, 2016
Temporadas: 1
Episódios: 12
OVA: X

Gênero: Supernatural



"O anime é sobre um jovem chamado Mahiru que um dia resgata um gato abandonado da rua, descobrindo só no dia seguinte que na verdade o gato é um vampiro que pode se transformar no felino. Mahiru diz o nome do vampiro em voz alta e assim sem querer fazendo um pacto temporário, que ele resolve tornar um trato oficial quando se vê desesperado diante de outro vampiro que está fazendo um chacina no meio da cidade em busca de matá-lo à ordens de um humano desconhecido."


Servamp apresenta uma hierarquia bem marcada e uma relação de mestre->subordinado bem interessante , é engraçado ver que para tornar tudo mais simples o protagonista (Mahiru) acaba se complicando cada vez mais! Tem um quadro de personagens com personalidades bem distintas e chamativas.

Um ponto em especial que vi foi que aparentemente todos os vampiros tem um lado mais instintivo, eles podem perder o controle de si mesmos com certa facilidade. O Kuro é meu personagem favorito, ele parece ser só um preguiçoso que não liga para nada, mas logo vemos que não é bem assim, ele é diferente do que aparenta....Ou será mesmo só um preguiçoso que agora não tem escolha?

Strike The Blood


Mangaká: Gakuto Mikumo
Diretor: Hideyo Yamamoto
Ano: October 4, 2013 – Março 28, 2014 / Novembro 23, 2016 – X
Temporadas: 2
Episódios: 24/8
OVA: 2
Gênero: Ação, shounen, ecchi, sobrenatural


"A história segue as aventuras de Kojou Akatsuki, um vampiro que está relutante em mostrar seus poderes, e Yukina Himeragi, uma adolescente Shaman enviada para observá-lo. Ocorre no distrito de Demon, na cidade de Itogami, uma ilha artificial da costa do Japão que tem uma população de monstros que se mistura livremente os demais. 

Kojou é suspeito de ser o vampiro poderoso que poderia potencialmente interromper o equilíbrio de poder entre os três progenitores reinantes. Kojou e Yukina  se tornam amigos de vários estudantes, alguns dos quais são atraídos por Kojou, que se depara com a fonte de grande parte de seu poder."


Esse eu gostei MUITO! Tem ecchi sim, mas não ao ponto que incomoda (embora tenha umas três ou quatro cenas que se alguém olhar pro pc pode achar que você está assistindo outro gênero, são cenas rápidas e não mostram tanto assim é ecchi afinal) tem vários seres vivendo na ilha, ela tem uma proteção especial então os vampiros não tem problema de andar ao sol com a barreira protegendo eles, bem útil não?

O Akatsuki-kun é muito fofo, gosto da personalidade dele e da forma com a qual encara os desafios a frente, ele é do tipo que se sacrifica para proteger quem considera importante ou simplesmente quem precisa. Um dos pontos que gostei muito foi notar que a Yukina não é uma mocinha em apuros completamente indefesa ou uma garotinha burra de corpo atraente tão clichê em animes desse tipo, ela é uma guerreira, forte, inteligente e destemida!

Vampire Knight 


Mangaká: Hino Matsuri
Diretor: Kiyoko Sayama
Ano: 8 de abril de 2008 – 1 de julho de 2008 / 7 de outubro de 2008 – 30 de dezembro de 2008
Temporadas: 2
Episódios: 13/13
OVA: X
Gênero: Drama, Romance, Sobrenatural, Comédia, Shoujo


"Kurosu Yuuki não se lembra de nada de seu passado anterior ao dia que foi salva por Kaname Kuran, um vampiro puro-sangue. Devido a morte dos pais de Yuuki, Kaname leva-a para uma escola chamada Cross Academy, que aceita vampiros e humanos em paz na mesma escola, separando-os em Classes do Dia e Classes da Noite, porém, para permanecer na escola os vampiros  não podem revelar sua identidade e nem sugar o sangue dos humanos.

Alguns anos depois, Yuuki conhece Kiriyuu Zero, um garoto que teve seus pais mortos por vampiros, Zero é muito antissocial e não fala com quase ninguém, a não ser com Yuuki. Como os dois já se conhecem a existência dos vampiros, eles possuem a missão de vigiar a escola para que nenhum fuja das regras."


Foi um dos primeiros animes de vampiro que eu vi, e eu recomendo fortemente e o mangá é ainda melhor que o anime! Se preferir pode chama-los de vampiros-magos, uma vez que os nobres tem cada qual uma habilidade diferente, também tem o fato de ter vampiros classe E, os nobres e assim vai, é uma forte hierarquia onde apenas os nobres tem essas habilidades únicas.

Nesse anime o meu favorito é o Zero, ele é meio reservado e guarda seus sentimentos muito para si mas da para notar o quanto ele se importa com a Yuuki, que é uma protagonista decidida e mesmo sem ser lá a personagem mais poderosa do anime ela não é uma inútil que apenas cora e chama o herói do anime! Tem a mistura ao clima colegial e uma bela dose de romance também, faz alguns anos que assisti, mas me lembro claramente de algumas das cenas e lembro muito bem do anime.


Espero que tenham gostado do post, esses animes são bem diferentes um do outro, não teve nenhum mais pro tema de terror dessa vez por falta de espaço mesmo, quando vi já tinha atingido os 10 animes que queria pro post, pode ser que tenha em uma parte dois ou em um post especial sobre os mangás, bem, comentem o que preferem ok?



Beijos da Kira.


terça-feira, 16 de maio de 2017

Resenha: Argan Oil Folhas Prontas (Facial)



Yo Minna!!! Hoje venho com um post rápido para trazer essa resenha, testei hoje esse produtinho ( ainda não consegui um bom ângulo para tirar a foto da tirinha de cera, ela tem um brilhinho muito diferente, assim que conseguir edito o post e coloco a foto rsrsrss) não foi planejado, mas assim que testei já deixei o aviso aqui, porque queria contar para vocês o que achei!

Então, eu não sou muito fã de cera em folha pro rosto, geralmente uso cremes mesmo, até porque cera próxima aos lábios é algo que me incomoda bastante, quando adolescente usava aquelas que esquenta em banho-maria e odiava! Depois as fitas também não foram lá muito gradáveis e por anos usei cremes removedores e tudo mas...Só uso fitas quando estou com muita pressa e peço a minha irmã um par, já que ela prefere a fita e não o creme.

Enfim, vamos a resenha!



O que promete:

O Argan Oil da Depi Roll é feito com base em óleo de argan e jojoba e promete uma depilação suave para buço e sobrancelhas, como diz na embalagem “depila e suaviza a pele” então, será que cumpre o prometido?

O que achei:

Admito que estava com receio de usar o produto, mas era por não gostar dessas ceras quando abri as tiras senti um cheirinho tão doce de tutti-frutti que parecia mais uma bala e achei bem fofo.
Na hora de puxar dói bem menos que as outras folhas de cera que já usei, e saiu bem mais fácil que usando a camada grossa de cera do método de quando era adolescente, não me deu muito trabalho e não ficou dolorido como o creme geralmente deixa por um ou dois dias!

Fiquei muito surpresa com o resultado, precisei usar duas folhas (um par) mas ficou muito bom e não deixou minha pele vermelha! Depois de remover completamente a cera com óleo com essência de chá verde e pepino notei que a pele estava lisinha, sem nenhum sinal de irritação, nem parecia que tinha usado cera.

Ah! Minha pele ficou realmente mais suave onde usei, ele cumpre 100% o prometido!

O que poderia ser melhor?

Minha irmã usa muito esse tipo de produto mas no dela já vem com os lenços removedores, eu tive que pegar com ela porquê onde comprei o produto nem vendia eles! Acho que mesmo subindo um pouco o preço vale a pena adicionar os lenços nesse modelo.

Quanto custa? Vale a pena em comparação com os produtos similares?

Eu paguei R$:14,99 em uma farmácia off-line, online vi que é um pouco mais barato, mas tem frete.

Comparando com outras marcas:
Ele vem com 16 folhas (8 pares) e sem lenços removedores, notei que os similares variam entre R$:9,90 e R$:16,99 tendo 12 folhas (6 pares) alguns com removedores e outros sem.
Comparando esse com os outros e comparando o valor eu prefiro o Argan Oil da Depi Roll sem a menos duvida!

Comparando com salão:
Em um salão cobram entre R$:8,00 e R$:20,00 reais para depilarem na cera, não dói nada a não ser seu bolso, já que dependendo da pessoa vai usar ou um par ou só uma folha por vez esse produto sai bem mais em conta, e não tem que ficar esperando a vez no salão só pra isso.



Espero que tenham gostado do post rápido minna!



Beijos da Kira.



domingo, 14 de maio de 2017

Feliz dia das mães ♥



Yo minna!!! Infelizmente não pude fazer um post muito elaborado esse ano, mas encontrei algumas belas imagens e gostaria de compartilha-la com vocês ♥






E agora tem alguns editores que indico para quem quer fazer as próprias imagens! Beijos da Kira.

Editores:

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Entrevista com Yangsze Choo ♥


Yo minna!!! Hoje eu trago para vocês a entrevista tão esperada! Ontem publiquei em inglês, uma vez que foi assim que entrevistei a Yangsze Choo, e hoje trago a entrevista completamente traduzida e adaptada para vocês, para quem prefere ver a original, é só ir no post: Interview with Yangsze Choo(English version)

E agora, sem maior demora e com todo o meu carinho, a entrevista com Yangsze Choo, a escritora do livro A Noiva Fantasma, publicado no Brasil pela queridíssima editora DarkSide!
 
  
1. Para começar tenho uma pergunta que adoro fazer aos escritores que entrevisto, como descobriu que queria seguir carreira de escritora?

Bem! Eu sempre gostei de escrever, costumava escrever pequenas histórias no meu tempo livre. Na maioria das vezes por diversão, embora algumas vezes meus amigos e familiares também liam e comentavam. Eu não imaginava que poderia escrever um livro inteiro... Mas continuei escrevendo mesmo assim! E com o apoio dos meus amigos, levei este livro para um agente literário; a maravilhosa Jenny Bent. Ela foi a única que apoiou o meu livro (E o próximo. Mais notícias sobre isso mais tarde!) Estou muito grata pelo que a Jenny fez por mim e gostaria de dizer a quem está escrevendo, continue escrevendo, pois você nunca sabe o que vai acontecer :)

2. Como foi a experiência de recriar a vida em 1890 para o seu livro? E qual foi o ponto mais difícil sobre recriar o passado?

Malacca é uma cidade velha e interessante que é rica em história. Meu tio costumava morar lá e eu ia visitá-lo de vez em quando e subia para ver as ruínas do forte português, bem como a Igreja de São Paulo. Você pode ver os nomes de holandeses há muito desaparecidos, ainda escritos sob pedras, e eu sempre me perguntava o que devia ter sido viver naquele tempo. O que eles pensavam? Como eles se sentiam? Havia um número de relatos de viajantes que eu achei muito útil, mais notavelmente as cartas de Isabella Bird sobre sua visita à Malásia na década de 1880, e eu também fui ao Museu Peranakan em Cingapura, que tem muitos itens dessa época. A parte mais difícil de recriá-lo era de alguma forma descobrir o quão longe as pessoas tinham que andar para chegar de um ponto a outro, mas felizmente, o Google Maps me deu algumas distâncias aproximadas, e o resto eu percebi voltando para uma viagem de pesquisa Antes que o livro fosse publicado!

3. Você pensa na possibilidade do seu livro ter um filme, uma serie ou até mesmo uma animação?

Eu sou uma grande fã de Hayao Miyazaki, um sonho seria se o livro se tornasse um filme de animação. Isso seria algo maravilhoso.

4. Li que inicialmente o livro não iria se chamar “A Noiva Fantasma” é verdade? Teve algum ponto onde fez uma grande mudança se comparada com a ideia que você teve primeiramente?

Sim, eu tinha chamado de "Contos de uma noiva fantasma Malayan", pensando que seria algo como o As Mil e uma Noites, com aventuras que levam a mais aventuras, e muitos acontecimentos fantasmagóricos no mundo dos mortos. Em seguida, verificou-se que o livro ia ser muito longo, então eu tive que cortar algumas das histórias laterais. E então, quando foi publicado, meu editor e agente ambos sugeriram "The Ghost Bride" (A Noiva Fantasma) como uma forma abreviada.

5. Você tem planos para livros futuros?

Todo o mundo de A Noiva Fantasma era tão cheio de vida que eu realmente gostei de escrever sobre os personagens. Na verdade, quando eu estava escrevendo, pensei nisso quase como uma série de jornal, com mais e mais aventuras acontecendo. infelizmente fiquei sem espaço neste livro, mas há mais a ser dito sobre Li Lan e este mundo de fantasmas e demônios, e eu certamente estaria aberta a escrever uma continuação.


6. Seu livro ficou entre os melhores do ano, foi descrito pelos que leram como um livro que apresenta uma delicadeza belíssima e apaixonante. Já imaginava esse tipo de recepção do público quando escreveu?

É muita gentileza da sua parte! Não, eu nunca imaginei que iria receber esse tipo de recepção - na verdade, quando eu estava enviando-o para agentes, eu realmente me perguntei "quem vai querer ler sobre uma obscura prática cultural no meu pequeno país asiático?" Sou muito grata que as pessoas gostaram, e eu particularmente aprecio meus leitores brasileiros, e a Darkside, que publicou uma edição tão bonita!

7. Em que momento você teve a ideia de escrever A Noiva Fantasma e qual foi sua maior inspiração para o livro?

Tropecei com uma referência aos casamentos fantasmas em um velho jornal - no início eu me perguntava o que eles estavam falando e então eu percebi que era o casamento chinês dos mortos, que eu tinha ouvido falar antes. Eu estava tão intrigada que eu tinha que escrever sobre isso.

8. Qual foi sua maior inspiração quando criou a Li Lan?

Li Lan foi uma surpresa para mim - uma personagem que simplesmente apareceu, sua voz soou na minha cabeça quando eu estava pensando sobre o que significava ser casada com um fantasma. Até aquela altura estava trabalhando num romance policial sobre um elefante (e escrito pelo ponto de vista dele.) Mas eu tinha uma imagem na minha cabeça de uma lâmpada de óleo no crepúsculo, e uma menina conversando com seu pai sobre Um casamento fantasma. Sentei-me e escrevi o primeiro capítulo de A Noiva Fantasma muito bem como aparece no livro.

9. Soube que pesquisou bastante antes de escrever o livro, pensa em dar continuidade ao tema em algum livro futuro?

Eu sempre pensei que a ideia chinesa da terra dos mortos era tão estranha, assustadora, mas atraente, seria ótimo escrever mais histórias ambientadas neste universo estranho.

10. Para aqueles que ainda não conhecem, pode explicar melhor o que é uma noiva fantasma?

Um casamento fantasma ocorre nos costumes chineses, quando os mortos são casados, na maioria das vezes, os mortos são casados uns com os outros - por exemplo, você pode ter uma cerimônia de casamento oficial para dois amantes (como Romeu e Julieta), que já haviam morrido. Ou alguém da família pode ter um sonho com um parente que pede para casar. Mais raramente, os vivos são casados com os mortos. Geralmente isto é devido a alguma relação pré-existente e se uma pessoa morria e seu parceiro aflito queria estar unido mesmo depois da morte. Mas às vezes no passado, uma menina viva era casada com um homem morto, para que ele pudesse ter uma "família" para cuidar de seu túmulo . Ouvi dizer que mesmo hoje em dia na China continental, com a escassez de mulheres, os corpos das mulheres jovens são às vezes revendidos no mercado negro para fornecer "noivas" após a morte. É um costume fascinante e trágico.

11. Para finalizar a entrevista, tem algo a mais que queira falar para os meus leitores? Pode ser sobre você, sobre sua carreira de escritora ou sobre A Noiva Fantasma, caso desejar, pode falar sobre os três, sinta-se livre para deixar essa mensagem aqui no blog.

Meu segundo livro, The Night Tiger, está quase pronto, embora eu tenha que fazer algumas edições com o meu editor primeiro. Se passa na Malásia colonial, 1931, e é sobre um garoto de onze anos de uma casa chinesa que suspeita que seu mestre é um tigre devorador de homens. Há muitos contos de homem-tigre e bestas que se transformam em homens na Malásia (eu me pergunto se você tem as mesmas histórias no Brasil?) E se você olhar com cuidado, você pode encontrar Li Lan nele. Estou animado com isso e espero que eu tenha mais notícias para compartilhar com você em breve!


A Yangzse Choo foi muito gentil em responder as minhas perguntas e me diverti muito com essa entrevista, é incrível ter a chance de conhecer melhor uma escritora que já é tão querida pelos fãs brasileiros.

Quando ouvi falar sobre o livro “A noiva Fantasma” fui logo pesquisar e li muito sobre o livro e sobre a escritora, encontrei algumas entrevistas bem interessantes (uma dela em português e as demais em inglês) e então passei a admirar o trabalho dela e tive a ideia da entrevista, admito que pensei “ela já tem muitos fãs aqui no Brasil tem vários blogs e canais falando do livro dela, e lá fora também, ela não deve ter tempo para responder minha mensagem” mas como queria muito eu decidi enviar mesmo assim, fiquei realmente surpresa quando ela aceitou!


Espero que tenham gostado desse post tanto quanto eu gostei minna-san, é muito gostoso trazer aqui para vocês uma posts tão especiais!



Beijos da Kira.

Versão em Inglês do livro


quinta-feira, 11 de maio de 2017

Interview with Yangsze Choo (English version)


Atenção: Essa é uma versão para quem quer ver em inglês a minha entrevista com a escritora Yangsze Choo, para ler a versão traduzida, é só ir em: Entrevista com Yangzse Choo 

Yo minna! (Hi guys) This is the version of the interview in English, exactly how it was made, I already have the translated version for Brazilian readers as well, I was very happy with this interview! Thank you for visiting my blog.♥

1. To begin with, I have a question that I love to ask the writers I interview, how did you find out that you wanted to pursue a writing career?

I’ve always enjoyed writing, and used to write short stories in my spare time. They were mostly for my own amusement, though sometimes my family and friends would read them and give comments. I never imagined that I could write a whole book... But I kept writing, and with the encouragement of friends, submitted this book to find a literary agent - the wonderful Jenny Bent. She’s the one who sold my book (and my upcoming second one - more news on that later!) and I’m very grateful to her. I’d like to encourage anyone who is writing a book to keep writing - you never know what will happen :)

2. How was the experience of re-creating life in 1893 for your book? And what was the hardest point about re-creating the past?

Malacca is an interesting old town that’s rich in history. My uncle used to live there and we would visit him from time to time, and climb up to see the ruins of the Portuguese fort, as well as St. Paul’s Church. You can see the names of long-departed Dutchmen still written on stone tablets, and I always used to wonder what it must have been like to live at that time. What did they think about? How did they feel? There were a number of traveler’s accounts that I found very helpful, most notably Isabella Bird’s letters about her visit to Malaya in the 1880s, and I also went to the Peranakan Museum in Singapore, which has many items from that era. The hardest part of recreating it was in some ways figuring out how far people had to walk to get from one point to another, but thankfully, Google Maps gave me some approximate distances, and the rest I figured out by going back for a research trip before the book was published!

3. Do you think about the possibility of your book having a movie, a series or even an animation?

I’m a huge Hayao Miyazaki fan, and my secret dream would be to have it made into an animated movie. That would be absolutely wonderful.

4. I read that initially the book was not going to be called "The Ghost Bride" beyond the name, did it have any point where it had a big change compared to the idea you had first?

Yes, I had called it “Tales of a Malayan Ghost Bride”, thinking that it would be something like the Arabian Nights, with adventures leading to more adventures, and many ghostly happenings in the world of the dead. Then it turned out that book was going to be too long, so I had to cut some of the side stories. And then, when it was published, my editor and agent both suggested “The Ghost Bride” as a shortened form.

5. Do you have plans for future books?

The whole world of The Ghost Bride was so colourful that I really enjoyed writing about the characters. In fact, when I was writing it, I thought of it almost like a newspaper serial, with more and more adventures happening. Unfortunately I ran out of room in this book, but there’s more to be told about Li Lan and this world of ghosts and demons, and I’d certainly be open to writing a sequel.

The Ghost Bride, brazilian version

6. Your book stayed among the best of the year, was described by those who read as a book that presents a delicate, and passionate, beauty.Did you ever imagine this kind of public reception when you wrote?

That’s very kind of you! No, I never imagined that it would get this kind of reception - in fact, when I was sending it out to agents, I actually wondered “who is going to want to read about an obscure cultural practice in my small SE Asian country??” I’m very grateful that people have enjoyed it, and I particularly appreciate my Brazilian readers, and Darkside, who published such a beautiful edition!

7. At what time did you get the idea of ​​writing The Ghost Bride and what was your inspiration for the book?

I stumbled upon a reference to ghost marriages in an old newspaper - at first I wondered what they were talking about, and then I realized it was the Chinese marriage of the dead, that I’d heard about before. I was so intrigued that I had to write about it.

8. What was your biggest inspiration when to create Li Lan?

Li Lan was a bit of a surprise to me - a character who just appeared, her voice sounded in my head when I was thinking about what it meant to be married to a ghost. Up to that point I’d been working on a detective novel about an elephant (and writing from an elephant’s point of view!) but I had a picture in my head of an oil lamp at dusk, and a girl talking to her father about a ghost marriage. I sat down and wrote out the first chapter of The Ghost Bride pretty much as it appears in the book.

9. I knew that you did a lot of research before writing the book, do you intend to continue the subject in some future book?

I’ve always thought that the Chinese idea of the land of the dead was so strange, frightening, yet compelling, It would be great to write more stories set in this odd universe.

10. For those who do not know yet, can you explain better what a ghost bride is?

A ghost marriage occurs in Chinese customs when the dead are married. Most often, the dead are married to one another - for example, you might have an official marriage ceremony for two lovers (like Romeo and Juliet) who had already died. Or someone in the family might have a dream about a departed relative, who asks to get married. More rarely, the living are married to the dead. Usually this is because of some pre-existing relationship, e.g.  if one person died and their grief-stricken partner wanted to be united even after death, but sometimes in the past, a living girl would be married to a dead man, so that he could have a “family” to take care of his grave. I hear that even nowadays in mainland China, with the shortage of women, that young women’s bodies are sometimes resold on the black market to provide “brides” after death. It’s a fascinating and rather tragic custom.

11. To finalize the interview, is there anything else you would like to tell my readers? It may be about you, about your writing career or about The Ghost Bride, if you wish, you can talk about all three, feel free to leave this message here on the blog.

My second book, THE NIGHT TIGER, is almost done, though I have to do some edits with my publisher first. It’s set in colonial Malaya, 1931, and is about an eleven year old Chinese houseboy who suspects that his master is a man-eating tiger. There are many tales of were-tigers and beasts who turn into men in Malaysia (I wonder if you have the same stories in Brazil?) and if you look carefully, you may find Li Lan in it. I’m excited about it, and hope that I’ll have some more news to share with you soon!
  

Yangzse Choo was very kind to answer my questions and I had a lot of fun with this interview, Its amazing to have the chance to know a writter who is already so beloved by Brazilian fans.

When I heard about the book "The Ghost Bride" I went to research and read a lot about the book and the writer, I found some very interesting interviews (one of them in Portuguese and the others in English) and then I admired her work and I had the idea of the interview, I admit that I thought "she already has many fans here in Brazil has several blogs and channels talking about her book, and out there too, she should not have time to answer my message" but as I wanted so much I decided to send, I was really surprised when she accepted!

I hope you enjoyed this post as much as I liked minna-san, it's so good to bring you some special posts here! ♥


                                                                                                                           Beijos da Kira. (Kisses from Kira)



quarta-feira, 10 de maio de 2017

Eu voltei! E com muitas novidades! ♥


Yoooooooooooooo mina-saaaaaaaaaaannnnnnn!!! Que saudade de vir aqui postar! Tive alguns problemas em off e ao mesmo tempo também tiveram acontecimentos bons, mas que me deixaram sem tempo, mas agora sim eu posso vir aqui postar com maior frequência, prometo compensar o tempo perdido!

Tenho tantas novidades que nem sei por onde começar! Tem as entrevistas que estão por vir (ao final do post já vou revelar a próxima) Vídeos com doces japoneses! Dicas para aprender idiomas! Resenhas de livros, de produtos, tutoriais e muuuuuuuiiiitoooo mais!

Também tem os sorteios que estão chegando, tem sorteio de produtos de beleza,  sorteio otaku, sorteio literário...É tanta coisa que se eu for listar o post vai ficar gigante, mas desde já tenho uma enorme felicidade para compartilhar com vocês!

Essa noite por volta das 2 horas recebi a resposta da escritora Yangsze Choo para a minha entrevista! Ela respondeu as minhas perguntas no que virou uma entrevista tão deliciosa de ler que até agora estou comemorando! Amanhã mesmo estará disponível aqui no blog a entrevista completa traduzida para português e com o link para ela em inglês!  Gente ela foi tão atenciosa com as perguntas que nem sei explicar, é uma honra ter uma escritora tão talentosa em uma entrevista aqui no meu blog!


O post fica por aqui Minna! Estou muito animada com a novidades! Espero que gostem do novo cenário do canal ( os vídeos logo vão sair) e dos posts novos que vou trazer para vocês, escrevo aqui com todo o carinho e foi muito difícil ficar tanto tempo afastada de vocês, muito obrigada por tudo! Cada comentário aqui no blog, nas redes sociais, os e-mails, todos são recebidos com muito carinho e tem toda a minha atenção. ♥



Beijos da Kira.